Sorteio define Athletico-PR como mandante de jogo decisivo da Copa do Brasil

As finais da Copa do Brasil, entre Athletico Paranaense e Atlético Mineiro, já têm datas e locais para acontecerem.

Postado em: 04-11-2021 às 17h12
Por: Breno Modesto
Comandados por Alberto Valentim e Cuca, respectivamente, Athletico-PR e Atlético-MG decidirão a Copa do Brasil nos dias 12 e 15 de dezembro | Lucas Figueiredo/CBF

As finais da Copa do Brasil, entre Athletico Paranaense e Atlético Mineiro, já têm datas e locais para acontecerem. Nesta quinta-feira (4), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu, através de um sorteio, realizado em sua sede, o mando de campo das duas partidas da competição nacional, que encerrarão oficialmente a temporada de 2021 do futebol brasileiro.

Ficou definido que o Furacão decidirá o confronto de volta em seu estádio, a Arena da Baixada, na cidade de Curitiba. O jogo de volta está marcado para o dia 15 de dezembro. A tendência é que ele ocorra às 21h30. Já o duelo de ida, com mando do Galo, acontece no Mineirão, em Belo Horizonte, três dias antes.

Por terem chegado à final, as duas equipes já embolsaram mais R$ 23 milhões em premiações. Quem for o campeão, além da taça da Copa do Brasil, leva também mais R$ 56 milhões, podendo receber, ao todo, R$ 71 milhões.

Continua após a publicidade

Por estarem disputando a Libertadores e a Sul-Americana, respectivamente, Atlético-MG e Athletico-PR entraram direto na terceira fase da Copa do Brasil. Para chegar à decisão, o time mineiro deixou Remo, Bahia, Fluminense e Fortaleza pelo caminho. Já os paranaenses tiveram de eliminar o Avaí, o Atlético-GO, o Santos e o Flamengo.

Esta é a terceira vez que cada um dos clubes chega à final do torneio. Cada um deles conquistou o troféu em uma oportunidade e foi vice em outra. O Furacão é quem foi campeão há menos tempo. Em 2019, derrotou o Internacional por 3 a 1 (no agregado). Seu vice-campeonato aconteceu no ano de 2013, quando perdeu para o Flamengo. Já o Galo foi campeão em 2014, desbancando o rival Cruzeiro na decisão. Na soma dos placares, vitória do Atlético-MG por 3 a 0. Seu segundo lugar veio dois anos depois, em 2016, para o Grêmio.

Veja Também