Na despedida da segunda divisão, Goiás busca empate contra o Brusque, na Serrinha

O Goiás encerrou sua participação na Série B diante de seu torcedor com muita festa, com o vice-campeonato no empate diante do

Postado em: 28-11-2021 às 18h36
Por: Victor Pimenta
Equipe Esmeraldina saiu atrás do placar, mas buscou a igualdade na última partida pela Série B, antes de voltar a primeira divisão | Foto: Afonso Cardoso

O Goiás encerrou sua participação na Série B diante de seu torcedor com muita festa, com o vice-campeonato no empate diante do Brusque, em 2 a 2 na tarde deste domingo (28/11), no estádio Haile Pinheiro. Elvis e Apodi marcaram para a equipe esmeraldina, enquanto Edu e Thiago Borges descontaram para os catarinenses.

Festa pré-jogo

Antes da partida acontecer, muita festa por parte da torcida nas arquibancadas da Serrinha. Bandeirão, sinalizadores e bateria, tudo que o torcedor tinha direito. Ao som de Cuiabano Lima, comandou o torcedor com muita interação e dois pedidos de casamento. No primeiro, o homem surpreendeu sua namorada. No segundo, a noiva chegou trajada para pedir a mão de seu namorado na marca do pênalti.

Continua após a publicidade

Primeiro tempo

De ressaca do acesso, o Goiás entrou na partida querendo a vitória, mas sem muitas chances claras de gol. A festa que começou antes do jogo, teve uma pausa aos nove minutos para a saída de David Duarte. O time catarinense chegou pouco ao gol de Tadeu, mas foi a única equipe que balançou as redes no primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, Edu aproveitou a falha da defesa e mandou para o fundo do gol, assumindo a artilharia do campeonato. O Goiás quase empatou em bela finalização de Dadá Belmonte que por pouco não acertou o ângulo. Manga desperdiçou oportunidades e após os quatro minutos de acréscimos, nada mudou na primeira etapa na Serrinha.

Segundo tempo

Com mudanças nas duas equipes, o Brusque trocou Edu por Hugo Borges e o jogador com dois minutos balançou as redes de cabeça em falha da defesa esmeraldina. Foi a vez do Goiás ir para o ataque e o atacante Alef Manga tabelou com Elvis e na sequência perdeu um gol incrível. Dadá teve excelentes chances para marcar, mas em ambas parou na defesa de Ruan Carneiro.

O primeiro gol esmeraldino veio em uma tabela em que Mezenga serviu Elvis e o 10 manda de chapa no canto esquerdo. O brusque teve a chance de aumentar, mas Hugo Borges perdeu um gol sem goleiro.
Fellipe Bastos finaliza para defesa de Ruan. Apodi cabeceou e Mezenga desperdiçou a chance de empatar. Aos 34, o empate. Elvis lança para Dadá que corta e finaliza. Ruan da rebote e Apodi de carrinho marca. No final, Dadá ainda acertou a trave e Bruno Mezenga cabeceou para fora.

FICHA TÉCNICA

Goiás 2×2 Brusque


Data: 28 de novembro de 2021


Horário e local: 16 horas, estádio Hailé Pinheiro, Goiânia


Arbitragem: José Mendonça da Silva Junior (PR)

Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Joao Fabio Machado Brischiliari (PR)

Quarto árbitro: Jean Carlos da Silva Narciso (GO)

Gols: Elvis 20’2T e Apodi 34’2T (Goiás); Edu 28’1T e Hugo Borges 2’2T (Brusque)

Goiás: Tadeu; Apodi, David Duarte (Iago Mendonça), Reynaldo, Artur (Hugo); Rezende (Luan Dias), Caio Vinicius, Fellipe Bastos, Élvis (Albano); Alef Manga (Bruno Mezenga) e Dadá Belmonte. Técnico: Gláuber Ramos.

Brusque: Ruan Carneiro; Toty, Ianson, Éverton Alemão, Airton; Rodolfo Potiguar, Zé Mateus, Foguinho (Evandro); Thiago Alagoano (Diego Matias), Edu (Hugo Borges) e Garcez. Técnico: Waguinho Dias.

Veja Também