Camarão comemora tetracampeonato, mas enaltece atuação do Vila Nova: “Estão de parabéns”

Postado em: 21-12-2021 às 18h00
Por: Victor Pimenta
Treinador precisou conversar com jogadores no vestiário para voltarem diferente para a prorrogação | foto: Victor Pimenta / Jornal O Hoje

O Corumbaíba se sagrou na terça-feira (14), tetracampeão goiano de futsal adulto ao derrotar o Vila Nova por 3 a 2 na prorrogação e levantarem o troféu dentro de sua própria casa, no ginásio de Corumbaíba.

Porém, as coisas não foram fáceis para o Corumbaíba. A equipe criou diversas chances com Pato, Teves, Dieguinho, mas pararam nas grandes defesas de Eduardo que fechou o gol no primeiro tempo e no segundo até os minutos finais, evitando que a vitória do CEC acontecesse no tempo normal.

“O goleiro deles foi maravilhoso e pegou muito e está de parabéns. A equipe deles soube jogar nos nossos erros e ganharam no tempo normal. Na prorrogação, consegui ajustar o time e só tomamos os gols por detalhes. Dever cumprido, mas está de parabéns também a equipe do Vila Nova porque valorizaram e parabéns para o tetracampeonato do Corumbaíba”, disse Robson Camarão.

A equipe do interior jogava pelo empate para serem campeões. Porém, no primeiro tempo o Vila Nova acabou tirando a vantagem. Na segunda etapa o Corumbaíba chegou a empatar, mas nos minutos finais, Iury colocou o time colorado em vantagem e Claudim marcou mais duas vezes, levando o jogo para a prorrogação, onde o time verde e branco levou a melhor para ser campeão.

“Sabíamos o que eles iam fazer. Saímos para atacar e tínhamos faltas para fazer e isso foi conversado. O Iury saiu de trás e ninguém fez uma falta e ele fez o gol. Entramos em desespero e foi uma coisa que eu nunca fiz aqui nessa equipe que foi ter o goleiro-linha e tomamos dois gols. No vestiário conversamos e o time voltou o brio. O certo que deu errado”, concluiu o treinador.

Compartilhe: