Brasília e Recife serão sedes da FIBA ​​AmeriCup 2022

A Federação Internacional de Basquete, FIBA, através do escritório das Américas, anunciou nesta terça-feira (18), as sedes da AmeriCup 2022. Brasília, capital

Postado em: 18-01-2022 às 13h43
Por: Ildeu Iussef
Brasília e Recife sediaram jogos do maior torneio de Seleções de basquete das Américas em seu retorno ao Brasil | Foto: Divulgação FIBA

A Federação Internacional de Basquete, FIBA, através do escritório das Américas, anunciou nesta terça-feira (18), as sedes da AmeriCup 2022. Brasília, capital do país, e Recife, metrópole nordestina, serão os locais de competição entre os dias 02 a 11 de setembro, no evento que marca o retorno do maior torneio de Seleções de basquete das Américas após mais de três décadas.

Em Brasília, os jogos serão disputados no Ginásio Nilson Nelson, enquanto Recife receberá as partidas no Ginásio Geraldo Magalhães, o Geraldão. As fases de grupo serão jogadas nas duas cidades e Recife irá concentrar as quartas de final, semifinal e decisão da AmeriCup. O sorteio dos grupos será em março.

“Estamos muito felizes em poder trazer a AmeriCup de volta ao Brasil depois de mais de três décadas. O maior evento de Seleções das Américas será o maior evento olímpico do país em 2022 e tenho certeza do sucesso das sedes em Brasília e Recife e que a Seleção Brasileira irá com tudo em busca do título da competição em casa”, disse o presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Guy Peixoto.

Continua após a publicidade

A FIBA ​​AmeriCup que é a principal competição de basquete masculino sênior nas Américas, contará a participação de 12 seleções do continente, todos classificados através de eliminatórias que terminaram em fevereiro de 2021: Brasil, Argentina, Estados Unidos, Canadá, México, República Dominicana, Porto Rico, Venezuela, Uruguai, Panamá, Ilhas Virgens e Colômbia.

O torneio retorna ao Brasil pela primeira vez desde 1984, quando foi realizado em São Paulo. E o Diretor Executivo da FIBA Américas, o brasileiro Carlos Alves falou sobre a felicidade do retorno da AmeriCup ao país.

“Estamos muito honrados e animados em trazer a AmeriCup de volta ao Brasil depois de mais de três décadas. Quero expressar, também, nosso agradecimento à CBB e ao Presidente Guy Peixoto por seu apoio e liderança em garantir a recepção de uma competição tão épica. Tanto Brasília quanto Recife são cidades incríveis com muito a oferecer em termos de competição e aspectos culturais. A CBB e a FIBA estão muito empolgados em trazer esse nível de competição para essas cidades, seus fãs e comunidades para celebrar nosso jogo mágico”, concluiu.

Veja Também