Antigo “dono” da camisa 9, Nonato parabeniza Nunes por primeiro gol pelo Goianésia e se vê bem representado pelo atacante

A vitória do Goianésia contra o Morrinhos, no último domingo (30), ficará marcada na cidade do Vale do São Patrício por alguns motivos. Dentre eles, o retorno do torcedor ao Estádio Valdeir José de Oliveira, algo que não acontecia desde 2020, e pelo primeiro gol do atacante Nunes com a camisa do Azulão do Vale.

Postado em: 01-02-2022 às 09h09
Por: Breno Modesto
O ex-atacante Nonato parabenizou Nunes pelo primeiro gol marcado com a camisa do Goianésia | Foto: Breno Modesto

A vitória do Goianésia contra o Morrinhos, no último domingo (30), ficará marcada na cidade do Vale do São Patrício por alguns motivos. Dentre eles, o retorno do torcedor ao Estádio Valdeir José de Oliveira, algo que não acontecia desde 2020, e pelo primeiro gol do atacante Nunes com a camisa do Azulão do Vale.

Foi do camisa 9 o tento que abriu caminho para que o Goianésia derrotasse o Tricolor dos Pomares. Do lado de fora do gramado, a torcida, que celebrava o tento marcado por Nunes e, posteriormente, o triunfo azul, contava com um “reforço” especial. Ídolo, maior artilheiro e jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube, o ex-atacante Nonato esteve no Valdeir José de Oliveira e celebrou o resultado positivo.

Após o apito final do árbitro Gabriel Queiroz, o antigo “dono” da camisa 9 falou sobre seu sucessor, parabenizando-o pelo gol marcado, e comentou a respeito da partida entre Goianésia e Morrinhos. Na visão de Nonato, o Campeonato Goiano é uma competição difícil e, agora, com a primeira vitória, ele espera que o Azulão siga neste caminho daqui para frente.

Continua após a publicidade

“Com certeza. Era um jogo difícil. O Campeonato Goiano é muito complicado. E o Morrinhos veio fechadinho. Mas centroavante é isso. Eu falei para ele: apareceu a oportunidade, tem que empurrar (a bola) para dentro (do gol). E é isso. Parabéns a eles pela primeira vitória (na competição). Ganhamos e, agora, é dar sequência. E o Nunes é um cara bacana, que tem uma história no futebol. Então, o Goianésia está muito bem representado de camisa 9”, disse Nonato.

Ao responder Nonato, Nunes classifica o ex-jogador como uma referência, dizendo que ele tinha o faro do gol. O centroavante completa afirmando ser um privilégio usar e representar a mesma camisa que, um dia, foi de Nonato. Por fim, ele fala dos desejos de ajudar o Goianésia a atingir seu principal objetivo no ano, que é ter um calendário nacional em 2023.

“É um prazer vestir essa camisa 9. Ele (Nonato) é um referência para mim. Era um atacante que tinha o faro do gol. Já nos enfrentamos muitas vezes. E, hoje, é um privilégio estar representando-o com essa camisa 9 dele, que é um ídolo aqui. Eu espero corresponder à altura, espero colocar o Goianésia onde ele quer, que é ter um calendário. Então, fico feliz por ter feito o gol, pela vitória e, mais ainda, por estar representando essa fera”, respondeu Nunes.

Veja Também