Perto do 100º jogo pelo Atlético Goianiense, Marlon Freitas demonstra gratidão ao clube

O clássico contra o Vila Nova, neste sábado (19), pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato Goiano, será especial para um jogador do Atlético Goianiense. Ao pisar no gramado do Estádio Antônio Accioly, o volante e capitão da equipe rubro-negra, Marlon Freitas, completará 100 jogos com a camisa atleticana.

Postado em: 18-02-2022 às 15h58
Por: Breno Modesto
No clássico contra o Vila Nova, o volante Marlon Freitas chegará à marca de 100 jogos com a camisa do Atlético Goianiense | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

O clássico contra o Vila Nova, neste sábado (19), pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato Goiano, será especial para um jogador do Atlético Goianiense. Ao pisar no gramado do Estádio Antônio Accioly, o volante e capitão da equipe rubro-negra, Marlon Freitas, completará 100 jogos com a camisa atleticana.

Em entrevista coletiva, o jogador falou a respeito da marca atingida por ele. De acordo com Marlon Freitas, é importante para ele, pois são poucos os jogadores que chegam a esse número de jogos por um clube. Agradecendo a todos os funcionários do Dragão, o camisa 8 afirma que o Atlético ficará para sempre em seu coração.

“É uma marca muito importante para mim. O Atlético Goianiense vai estar sempre no meu coração. São poucos os jogadores que conseguem alcançar essa marca. Então, é muito importante para mim. Estou muito feliz. Minha família também está muito feliz. Além disso, fiquei feliz com a postagem do clube nas redes sociais. Então, quero agradecer a todos os funcionários, todo o staff do clube, que, desde o primeiro dia, me receberam muito bem aqui. Espero dar continuidade à história que estou construindo aqui”, disse Marlon Freitas.

Continua após a publicidade

Ao ser questionado sobre o momento que mais o marcou até aqui, Marlon Freitas cita o título goiano de 2020, em cima do Goianésia, como o seu favorito. Segundo o atleta, são as conquistas que marcam a passagem dos jogadores pelas equipes e, por ter sido capitão naquela oportunidade, ele a escolhe como melhor lembrança.

“Sempre deixei claro que o que marca um jogador em um clube são as conquistas. Tenho vários momentos bons aqui, mas o mais marcante é o título goiano (de 2020), onde, naquele momento, fui o capitão e pude levantar a taça. Foi um momento muito bom para mim e vai ficar guardado para sempre na minha memória. Espero repeti-lo neste ano. Sabemos da dificuldade, mas estamos preparados para conquistar o título goiano mais uma vez”, finalizou Marlon Freitas.

Nas 99 partidas que fez pelo Rubro-Negro, Marlon Freitas conquistou 47 vitórias, foi derrotado em 23 oportunidades e empatou em outros 29 jogos. Até aqui, o volante marcou seis gols e conquistou o Campeonato Goiano de 2020.

Veja Também