Após derrota para o Vila Nova, Eduardo Souza deixa o Atlético Goianiense

Chegou ao fim a passagem do auxiliar técnico Eduardo Souza pelo Atlético Goianiense. Na tarde desta segunda-feira (21), o Dragão emitiu um comunicado informando a saída do profissional, que deixa o clube após um comum acordo com a diretoria rubro-negra. Assim como Marcelo Cabo, ele sai após uma derrota no clássico contra o Vila Nova.

Postado em: 21-02-2022 às 17h29
Por: Breno Modesto
No período em que esteve no Atlético Goianiense, Eduardo Souza comandou a equipe em 33 partidas | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

Chegou ao fim a passagem do auxiliar técnico Eduardo Souza pelo Atlético Goianiense. Na tarde desta segunda-feira (21), o Dragão emitiu um comunicado informando a saída do profissional, que deixa o clube após um comum acordo com a diretoria rubro-negra. Assim como Marcelo Cabo, ele sai após uma derrota no clássico contra o Vila Nova.

Nome de confiança do presidente Adson Batista, Eduardo Souza estava no Atlético Goianiense desde 2019. Nos três anos em que esteve no time do bairro de Campinas, comandou a equipe em 33 oportunidades. No período, foram 14 vitórias, sete empates e 12 derrotas, totalizando um aproveitamento de 49,4% dos pontos disputados.

De acordo com a nota publicada pelo Rubro-Negro, a decisão veio após Eduardo manifestar seu desejo de migrar da função de auxiliar técnico para treinador. No Dragão, ele esteve à beira do campo em todas as competições que o clube disputou no período: Campeonato Goiano, Campeonato Brasileiro das Séries A e B, Copa Sul-Americana, Copa do Brasil e Copa Verde. No início de 2021, ao lado de Marcelo Cabo, conquistou o Goianão de 2020, seu único título pelo Atlético Goianiense.

Continua após a publicidade

No texto publicado em seu site oficial e em suas redes sociais, o Rubro-Negro agradeceu a Eduardo Souza pelos serviços prestados e fez questão de ressaltar a dedicação exemplar do profissional, que fazia parte da comissão técnica permanente do clube. Além disso, o Dragão desejou boa sorte ao treinador em sua nova trajetória.

“Com atuação exemplar em todas as funções que lhe foram atribuídas, Eduardo Souza estava integrado à comissão técnica permanente do Atlético. O clube agradece aos excelentes serviços prestados e deseja boa sorte em sua nova trajetória profissional”, escreveu o Atlético Goianiense sobre a saída de Eduardo Souza.

Enquanto negocia a contratação de um novo técnico, Anderson Gomes, outro membro da comissão permanente atleticana, ficará responsável por comandar o time profissional rubro-negro. Já nesta segunda-feira (21), na reapresentação da equipe após o clube, ele foi o responsável pelo treinamento.

A tendência é de que o nome do novo comandante rubro-negro seja conhecido ainda nesta semana. O favorito ao cargo é Vagner Mancini, demitido do Grêmio há pouco mais de uma semana.

Veja Também