Em estreia, Louzer mostra preocupação com primeiro tempo do Atlético Goianiense

Na última quarta-feira (24), o técnico Umberto Louzer fez sua estreia à frente do comando técnico do Atlético Goianiense. No Estádio Antônio Accioly, o profissional comandou a equipe que acabou empatando em 1 a 1 com o Iporá.

Postado em: 25-02-2022 às 21h09
Por: Breno Modesto
Para o treinador Umberto Louzer, o Dragão ainda pode render muito mais do que rendeu contra o Iporá | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

Na última quarta-feira (24), o técnico Umberto Louzer fez sua estreia à frente do comando técnico do Atlético Goianiense. No Estádio Antônio Accioly, o profissional comandou a equipe que acabou empatando em 1 a 1 com o Iporá. O resultado manteve o Dragão na vice-liderança do Grupo B, ficando atrás do Vila Nova, que ainda jogará na rodada.

Após o término do confronto, o comandante rubro-negro avaliou a partida. De acordo com Louzer, é doloroso sofrer um gol, ainda mais de empate, nos minutos finais de um jogo, como aconteceu com o time do bairro de Campinas, no entanto, o treinador disse que seus comandados fizeram um primeiro tempo bem preocupante.

“É claro que é doído sofrer um gol no final da partida, nos últimos minutos. Mas nós temos que tirar lições. Vamos conversar. Já dei uma prévia ali do que precisamos melhorar. É com trabalho. Foram apenas duas sessões de treinamento. O primeiro tempo foi preocupante, mas nós conseguimos trazer algumas coisas no segundo. Conseguimos conexões. Mas precisamos nos organizar na questão defensiva. Ficamos muito espaçados, oportunizando ao adversário nos agredir. Estamos distante daquilo que acreditamos e do potencial que esse grupo tem a dar”, avaliou o comandante.

Continua após a publicidade

Perguntado sobre a atuação do meia Jorginho, que foi um dos destaques do Rubro-Negro, Umberto Louzer citou a identificação do atleta com a torcida atleticana. Além disso, afirmou que utilizará o jogador na faixa central do gramado, e não na ponta, como ele vinha sendo usado por Marcelo Cabo e Eduardo Souza.

“Ele entrou muito bem na partida. (O Jorginho) é um atleta com a qualidade muito acima da média, identificado com o clube, que joga leve. Eu tive uma conversa com ele também, é nessa função que iremos utilizá-lo, porque acho que é ali que ele rende mais. Então, tenho certeza que vai nos ajudar bastante”, disse Umberto Louzer.

Veja Também