Grêmio Anápolis fica no empate com a Juazeirense e acaba eliminado da Copa do Brasil

A primeira participação do Grêmio Anápolis na Copa do Brasil durou apenas uma partida. Jogando no Estádio Jonas Duarte, a Raposa, atual campeã goiana, levou para a competição nacional sua sina de não conseguir vencer em 2022.

Postado em: 02-03-2022 às 22h39
Por: Breno Modesto
No Estádio Jonas Duarte, a Raposa não saiu do 0 a 0 com o Cancão de Fogo e acabou eliminada da Copa do Brasil | Foto: Tathy Serbeto

A primeira participação do Grêmio Anápolis na Copa do Brasil durou apenas uma partida. Jogando no Estádio Jonas Duarte, a Raposa, atual campeã goiana, levou para a competição nacional sua sina de não conseguir vencer em 2022.

Assim como vem acontecendo no Campeonato Goiano, o time comandado por Wender Said ficou no empate sem gols com a Juazeirense, da Bahia, que segue adiante por conta do regulamento do torneio.

Além da classificação, o Cancão de Fogo volta para a cidade de Juazeiro com uma quantia financeira no valor de 750 mil reais, dados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) aos times que estão no nível três do ranking dos clubes que disputam o campeonato.

Continua após a publicidade

O jogo

A partida no Jonas Duarte refletiu bastante o atual momento vivido pelas duas equipes na temporada e não teve muitas chances. As melhores foram do Grêmio Anápolis, que, mesmo jogando diante de sua torcida, não conseguiu aproveitá-las.

Na marca de 36 minutos, o Grêmio Anápolis perdeu a maior oportunidade da primeira etapa. Depois de uma cobrança de lateral, Alex Bruno recebeu dentro da área e foi puxado pelo zagueiro Emílio. Sem hesitar, a arbitragem mineira assinalou a penalidade máxima a favor da Raposa. Na cobrança, o próprio camisa 9 foi para a batida. Com muita força, ele mandou a bola no travessão de Rodrigo Calaça e não conseguiu abrir o marcador no Jonas Duarte.

Na etapa final, o GEA perdeu outra boa chance. Aos 26 minutos, os donos da casa perderam outra boa oportunidade, quando Papita recebeu na entrada da área, foi levando e, de esquerda, arriscou o chute. A finalização passou cruzada e assustou o goleiro Rodrigo Calaça. Pouco depois, aos 34, o travessão apareceu novamente para evitar que o Cancão de Fogo sofresse o gol. Depois de uma jogada individual, Papita, de calcanhar, serviu Matheus Martins, que, livre, emendou e carimbou o travessão de Calaça.

Assim como o time mandante, a Juazeirense mandou na trave sua melhor oportunidade no jogo. Aos 45 minutos do segundo tempo, Anicete recebeu dentro da área, trouxe para a perna direita e tentou mandar colocado. O chute do camisa 7 acabou acertando a trave de Jennerson. No rebote, Magno Ribeiro, em posição irregular, ainda mandou para fora. No entanto, o desperdício da oportunidade acabou não fazendo falta para os baianos, que se classificaram com o empate.

Ficha técnica

Grêmio Anápolis 0x0 Juazeirense

Data: 2 de março de 2022

Horário: 20h30

Local: Estádio Jonas Duarte, em Anápolis (GO)

Árbitro: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)

Assistentes: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)

Grêmio Anápolis: Jennerson; Murillo Lima (Jair), Luizão, Leozão (Ewerton Potiguar) e César Nunes; Igor Santana (Matheus Martins), Evanderson e Lucas Silva; Rodrigo Rocha (Papita), Alex Bruno e Rafael Menezes (Jadson).

Técnico: Wender Said

Juazeirense: Rodrigo Calaça; Dadinha, Emílio (Rodolfo), Wendell e Daniel (Denis Ribeiro (Anicete)); Waguinho, Patrik, Deysinho (Magno Ribeiro), Clébson; Neto Baiano (Guilherme) e Nildo Petrolina.

Técnico: Barbosinha

Veja Também