Higo Magalhães valoriza classificação colorada à 2ª fase da Copa do Brasil

Após o empate sem gols com o Rio Branco que carimbou o passaporte do Vila Nova para a 2ª fase da Copa

Postado em: 03-03-2022 às 10h26
Por: Ildeu Iussef
Treinador cita eliminações de times da Série B para justificar dificuldades encontradas pelo Vila Nova | Foto: Antony Maia/Rio Branco

Após o empate sem gols com o Rio Branco que carimbou o passaporte do Vila Nova para a 2ª fase da Copa do Brasil, o técnico Higo Magalhães avaliou a atuação de sua equipe, comemorou a classificação que deu R$ 750 mil de prêmio ao Tigre e citou as zebras que ocorreram até então no certame.

“Primeiramente temos que valorizar a classificação. Sabíamos que seria difícil, principalmente nessa primeira fase que sabemos que é desesperadora para todo mundo. O lado financeiro fala mais alto, a dificuldade dentro do jogo fica muito em aberto para qualquer clube. Além disso, as situações que estão sendo provadas, eliminações precoces, times de Série B sendo eliminados. Então dentro disso, a Copa do Brasil traz muita dificuldade”, salientou.

Na 1ª fase da Copa do Brasil, nove times da Série B foram eliminados: CRB, Chapecoense, Grêmio, Náutico, Novorizontino, Londrina, Operário-PR, Ponte Preta e Sport. Diante disso, Higo Magalhães afirmou ter ficado “aliviado” com a classificação colorada.

Continua após a publicidade

“Bate um alívio sim, porque a competição está mostrando equipes de Série B sendo eliminadas logo na primeira fase. Jogos fora de casa, principalmente em situações como as que enfrentamos aqui, é muito difícil para todo mundo. Porém, estávamos imbuídos primeiramente de vencer e tentar a possibilidade de classificação com o resultado. Independente de ser uma boa atuação ou um jogo mais seguro, essa foi nossa estratégia hoje. Dessa forma, conseguimos o objetivo principal que era classificar”, declarou.

Apesar de ter controlado bem a partida principalmente no setor defensivo, o comandante colorado reconheceu que a sua equipe ficou devendo ofensivamente. No entanto, Higo Magalhães frisou que os jogadores souberam executar bem a estratégia definida para evitar a ‘zebra’ e sofrer uma eliminação.

“Estávamos muito preocupados com o adversário em si e a condição do gramado, que teria muita ligação direta. Então, a gente sabia que em algum momento precisaríamos ter nossa linha defensiva muito concentrada, com ‘erro zero’. Criamos pouco hoje. No primeiro tempo não sofremos. Porém fomos sofrer só na parte final da partida por ficar um jogo de muita ligação direta, bola parada faz muita diferença. Mas graças a Deus, conseguimos nosso objetivo”, concluiu.

O Vila Nova volta a campo no próximo domingo (06) pela 10ª rodada do Goianão, contra o Goiatuba, fora de casa.

Veja Também