Goiás recebe Grêmio Anápolis em última rodada para confirmar liderança geral; atuais campeões lutam contra o rebaixamento

O Goiás volta a campo neste sábado (5), agora pela última rodada da primeira fase do Campeonato Goiano. A equipe esmeraldina recebe

Postado em: 05-03-2022 às 08h40
Por: Victor Pimenta
Equipe esmeraldina se reapresentou na quinta e já se prepara para confronto sábado contra atuais campeões | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

O Goiás volta a campo neste sábado (5), agora pela última rodada da primeira fase do Campeonato Goiano. A equipe esmeraldina recebe o Grêmio Anápolis, às 16h30, no estádio Hailé Pinheiro. Enquanto os donos da casa querem a liderança geral da competição, os visitantes lutam para não serem rebaixados.

Goiás

Após classificar na primeira fase da Copa do Brasil na última terça-feira (1), o treinador Bruno Pivetti agora faz sua estreia pelo clube esmeraldino, no Campeonato Goiano e contra os atuais campeões, que em situação diferente, luta para não cair.

Continua após a publicidade

Para o confronto deste sábado, ele deve ter algumas mudanças em relação ao último jogo, pensando em poupar jogadores e dar mais ritmo de jogo para outros, buscando ainda manter a liderança do grupo A e da classificação geral do Goianão após o fim da primeira fase.

“Costumo dizer que todo jogo próximo é o mais importante das nossas vidas, por ser o próximo. Principalmente para nós que vestimos essa grande camisa como sempre digo e não tem motivo para tirar o pé e temos que estar sempre prontos e preparados. Quando a gente entra em campo para defender o Goiás, você tem que estar apto a conquistar os três pontos. Vamos para ganhar o jogo como se fosse qualquer outra partida“, disse Vinicius.

O treinador não poderá contar com o meia Élvis, que recebeu o terceiro amarelo e desfalca o time. Assim, Albano pode ser o substituto do camisa 10, porém, outro nome cogitado é de Luan, que jogaria mais recuado e teria mais minutos em campo, visto que ele atuou nas duas últimas partidas entrando no decorrer do jogo. A defesa deve ser mantida com Caetano e Reynaldo. Éverson segue no departamento médico com dores musculares. Na lateral-esquerda, Hugo deve substituir Artur.

No meio-campo, além da ausência de Élvis, Pivetti pode testar Auremir, que entrou bem no último jogo, pegando a vaga de Caio Vinicius. Diego também deve começar jogando, para ganhar ritmo de jogo, visto que estava há três partidas fora, no Campeonato Goiano. No ataque, Pivetti deve manter a dupla de atacantes Nicolas e Pedro Raúl. Nenhum jogador está pendurado com dois amarelos.

Grêmio Anápolis

Ao contrário do Goiás, a raposa está em uma situação bastante delicada. O time perdeu a chance de avançar na Copa do Brasil na última quarta-feira (2), ao ficar no empate em 0 a 0 diante da Juazeirense e agora foca sua atenções para não cair no Goianão.

Para que isso aconteça, uma vitória já salva o Grêmio. Em caso de empate, a Jataiense tem que empatar ou perder o seu jogo. Em caso de derrota do GEA, a Jataiense obrigatoriamente não pode pontuar seu confronto.

Assim, para o confronto diante do Goiás neste sábado (5), o treinador Wender deve fazer muitas mudanças em relação ao time que foi eliminado na Copa do Brasil. O centroavante Alex Bruno, que perdeu o pênalti decisivo deve dar lugar a Gilmar ou Jair. Papita deve começar jogando. O zagueiro Luizão cumpre suspensão e não joga. Em seu lugar deve ser Kauan.

Pendurados seguem: Patrick Navarro, Éder Monteiro, Bruno Cruz e Jean Carlos.

Último jogo

Ainda pela primeira rodada do Goianão, Grêmio Anápolis e Goiás entraram em campo no Jonas Duarte, mas sem muita criatividade de ambas equipes a partida foi bem fraca tecnicamente e o jogo terminou empatado sem gols.

Ficha técnica:

Goiás x Grêmio Anápolis

Data: 5 de março de 2022

Horário e local: 16h30, estádio Hailé Pinheiro (Serrinha)

Arbitragem: Elmo Resende; assistentes: Márcio Soares e Tiego dos Santos; quarto árbitro: Marcelo Novais

Goiás: Tadeu; Maguinho, Caetano (Éverson), Reynaldo, Hugo; Auremir, Fellipe Bastos (Henrique Lordelo), Luan (Albano); Vinicius, Nicolas (Pedro Raúl), Diego. Técnico: Gláuber Ramos.

Grêmio Anápolis: Jennerson; Murillo, Kauan, Leozão, César; Igor César, Evanderson, Diego Papita (Lucas Silva); Rodrigo Rocha, Jair Filho (Gilmar Alves) e Rafael Furlan. Técnico: Wender Said.

Veja Também