Lucas Oliveira analisa confronto difícil diante de Atlético, mas mostra confiança em elenco: “Podemos construir uma história”

O Morrinhos irá encarar um desafio importante na noite desta quarta-feira (9), quando enfrenta o Atlético Goianiense, às 20h30, no Centro Esportivo

Postado em: 08-03-2022 às 20h39
Por: Victor Pimenta
Treinador acumula classificações pelas equipes que passou; as últimas foram Jaraguá e Jataiense | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás

O Morrinhos irá encarar um desafio importante na noite desta quarta-feira (9), quando enfrenta o Atlético Goianiense, às 20h30, no Centro Esportivo João Vilela. O jogo é válido pela primeira partida das quartas-de-final.

Pessoa importante nessa conquista do Morrinhos na campanha do Goianão foi o treinador Lucas Oliveira. Ele chegou ao clube na terceira rodada, quando a equipe se encontrava na lanterna do grupo, com apenas um ponto. Até então o objetivo da diretoria era a permanência na elite estadual, mas o técnico foi além e conseguiu alcançar o terceiro lugar do grupo A e classificando a equipe para as quartas-de-final.

“Quando assumi o clube  o objetivo principal era a fuga do rebaixamento, a permanência na primeira divisão e as coisas foram acontecendo e os resultados vieram e a gente conseguiu a classificação. Neste confronto diante do Atlético, esperamos fazer dois jogos bons, serem competitivos, agressivos, poder jogar o jogo e poder construir uma história para a classificação. O Grêmio Anápolis provou ano passado que existe a possibilidade de ser campeão enfrentando os grandes clubes e a gente tem a vontade e vamos trabalhar muito para poder conseguir também esse feito de eliminar um grande como o Atlético e passar para as semifinais”, disse Lucas Oliveira.

Continua após a publicidade

Não é a primeira vez que Lucas Oliveira mostra seu trabalho no futebol goiano e foi assim nos últimos dois anos. Em 2020, iniciou com o Jaraguá e fez com que a equipe chegasse a cinco vitórias e um empate nas seis partidas iniciais, deixando a equipe classificar em segundo no grupo. Na última temporada, em 2021, pela Jataiense, pegou a equipe lutando para não cair e na reta final conquistou duas vitórias, um empate e duas derrotas, fazendo com que a equipe classificasse em quarto no grupo. Agora ele consegue mais um feito na carreira, dessa vez treinando o Morrinhos.

“Assumi o Morrinhos com dois pontos depois de dois jogos e a gente consegue colocar o trabalho, trazer confiança pro time, pros jogadores e conseguimos na última rodada uma vitória espetacular fora de casa a classificação em terceiro lugar. Isso mostra um pouco do nosso trabalho, mostra um pouco da nossa evolução profissional e vamos fixando um nome no mercado esperando grandes oportunidades, esperando, uma oportunidade de começar um trabalho como foi no Jaraguá e brigar por coisas maiores no futebol goiano, quem sabe em um clube de uma grandeza nacional”, concluiu o treinador.

Veja Também