Sábado, 04 de fevereiro de 2023

Vasco e Novorizontino sondam situação de meia Élvis, visando a Série B

Desde que chegou ao Goiás, Bruno Pivetti não colocou Élvis como titular nas três partidas em que já comandou. Assim, duas equipes

Postado em: 12-03-2022 às 10h00
Por: Victor Pimenta
Meia foi autor de dois gols e quatro assistências já neste início de temporada pelo clube | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Desde que chegou ao Goiás, Bruno Pivetti não colocou Élvis como titular nas três partidas em que já comandou. Assim, duas equipes da Série B sondaram a situação do camisa 10 esmeraldino, que tem contrato com o clube até o final da temporada.

Um dos jogadores mais bem vistos pelos colegas, profissionais e pela própria torcida, Élvis perdeu seu espaço desde a chegada de Bruno Pivetti ao cargo esmeraldino. Esse fato fez com que clubes interessassem no jogador para a sequência da temporada. Dois deles então sondaram a situação do meia, os casos de Vasco da Gama e Grêmio Novorizontino, ambos da Série B.

O Vasco que vai para sua segunda Série B consecutiva desde que foi rebaixado pela última vez vê o meia como excelente opção, afinal, Élvis nas duas últimas disputas na Segunda Divisão, conquistou o acesso com Cuiabá e Goiás e em ambos, terminou como o assistente do time e da competição. Quem corre por fora também é o Grêmio Novorizontino, recém-promovido a Série B e vê o experiente atleta com bons olhos.

Continua após a publicidade

Com a chegada de Bruno Pivetti ao Goiás, o jogador perdeu espaço no time titular. Na partida diante do Sousa, pela Copa do Brasil, o meia não treinou a semana toda devido a problemas familiares e viajou somente depois. Entrou somente no segundo tempo. Na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio Anápolis, o meia não foi nem sequer relacionado. Já no último jogo contra o Crac, em jogo vencido por 3 a 0, ele entrou no decorrer do segundo tempo.

Porém, para levar o meia não será nada fácil. Mesmo com seu contrato com o Goiás até o final de 2022, o próprio jogador é querido pela diretoria esmeraldina, que não pensa em negociá-lo, já que é o meia que arma as jogadas da equipe. Élvis e sua família gostam de Goiânia e uma mudança por agora está descartada.

Veja Também