Dominantes em Goiânia, Rubens Barrichello e Ricardo Maurício buscam desempate

Até 2021, o Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, era território de Rubens Barrichello. Entre suas 16 vitórias na Stock Car, nada

Postado em: 16-03-2022 às 09h11
Por: Ildeu Iussef
Com seis vitórias cada um, ex-ferrarista e tricampeão da Stock Car são os maiores nomes em atividade no competitivo Autódromo Internacional Ayrton Senna | Foto: Victor Eleutério/Stock Car

Até 2021, o Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, era território de Rubens Barrichello. Entre suas 16 vitórias na Stock Car, nada menos que seis foram registradas na capital de Goiás. Mas no ano passado o tricampeão Ricardo Maurício fez o que parecia impossível: venceu quatro provas em Goiânia, incluindo duas no mesmo final de semana, algo que dificilmente será repetido na história da Stock Car. Com isso, empatou com Barrichello e, no próximo domingo (20), os dois duelam pela supremacia no traçado de 2.695m, um dos mais admirados pelos pilotos da categoria.

Rubinho e Goiânia

Foto: Duda Bairros/Stock Car

Goiânia é realmente uma pista de destaque na carreira de Rubens Barrichello. Das seis vitórias logradas por Rubinho no circuito, duas delas aconteceram na badalada e cobiçada Corrida do Milhão: com o Chevrolet Sonic, em 2014, na campanha que culminou no título, e em 2018, com o Chevrolet Cruze, no anel externo. Rubens também venceu no Autódromo Internacional Ayrton Senna em 2016 e 2019, ambas com Cruze, e em 2020 e uma vez em 2021, nessas oportunidades com o Toyota Corolla. Todas as suas vitórias foram obtidas defendendo a equipe Full Time Sports.

Continua após a publicidade

A “varrida” de Ricardinho 

Foto: Duda Bairros/Stock Car

Antes de 2021, Ricardo Maurício havia obtido duas vitórias em Goiânia: 2015, com o Chevrolet Sonic, e 2020, com o Cruze, sempre pela Eurofarma RC. Contudo, nenhum outro piloto da Stock Car brilhou tanto quanto Ricardinho naquela pista e no mesmo ano. Das seis corridas disputadas no Planalto Central na temporada passada, o tricampeão venceu nada menos que quatro, alcançando a marca de seis vitórias totais do até então inalcançável Barrichello.

O momento mágico dessa trajetória de Ricardinho Maurício aconteceu em 19 de setembro. Naquele dia, o piloto fez história ao ser o primeiro a alcançar 100% dos pontos em disputa no atual formato da Stock Car. O piloto do Chevrolet Cruze #90 marcou a pole-position no anel externo, venceu a Corrida 1, largou em décimo na segunda prova e triunfou de novo, com direito a uma chegada espetacular para superar Thiago Camilo por apenas 0s010 (dez milésimos), no desfecho mais apertado da história da Stock Car.

Veja Também