Sexta-feira, 03 de fevereiro de 2023

Equipe de André Negrão, Alpine larga na pole position nas 1000 Milhas de Sebring, em plena sexta-feira

A Alpine conquistou sua primeira pole position correndo pela classe principal do FIA WEC, o Mundial de Endurance. Na noite de quinta-feira

Postado em: 18-03-2022 às 07h00
Por: Ildeu Iussef
André Negrão no tradicional circuito de Sebring | Foto: Frédéric Le Floch DPPI

A Alpine conquistou sua primeira pole position correndo pela classe principal do FIA WEC, o Mundial de Endurance. Na noite de quinta-feira (17), André Negrão, único brasileiro correndo em tempo integral na divisão dos Hypercars, viu Nicolas Lapierre, seu companheiro ao lado de Mattheu Vaxiviere, faturar a posição de honra das 1000 Milhas de Sebring, etapa que abre a temporada 2022 nos Estados Unidos, ao cravar uma volta em 1min47s407.

Em uma classificação curta, em que os pilotos tiveram apenas dez minutos para registrar suas voltas, a Alpine esteve na ponta na maior parte do tempo. Nos instantes finais, Fabio Scherer, piloto de um protótipo da LMP2, bateu, a 12 segundos do término da classificação, encerrando a atividade com o Alpine A480 na ponta da folha de tempos. Negrão celebrou o resultado.

“Foi um grande trabalho do Nico (Lapierre) na pista, e de todos do time ao longo dos treinos livres. É incrível conquistar a pole position logo na primeira etapa do campeonato. Isso nos dá confiança e força para lutar para vencer nesta sexta-feira. A corrida é longa, mas brigaremos pela nossa primeira vitória nos Hypercars”, disse Negrão, que é campeão mundial da LMP2 com a Alpine, na classe em que possui duas vitórias nas 24 Horas de Le Mans.

Continua após a publicidade

A segunda posição no grid de largada ficou com o hipercarro da Glickenhaus, pilotado por Oliver Pla, que acabou 1s334 atrás do tempo obtido por Lapierre. Já a Toyota, equipe que domina há anos o FIA WEC, terá seus dois carros partindo da segunda fila, com Brendon Hartley largando à frente de José María López.

Nas outras categorias, na LMP2, a pole position ficou com a AF Corse, equipe que viu Nicklas Nielsen conquistar a posição de honra ao marcar 1min49s014. Já a Penske, que tem como um de seus pilotos o brasileiro Felipe Nasr, largará da nona posição. O atual campeão da IMSA viu Dane Cameron colocar o protótipo da equipe americana na quinta fila do grid.

Nesta etapa, as duas classes de GT não contam com brasileiros no grid. Pela LMGTE-Pro, a pole position ficou com o Porsche 911 RSR-19 de Michael Christensen, que registrou no final da sessão 1min57s233, batendo o companheiro de equipe, Gianmaria Bruni, por apenas 0s150 nos instantes finais. Pela LMGTE-Am, a posição de honra acabou com o Aston Martin Vantage AMR da TF Sport, que viu Ben Keating marcar 1min59s204.

As 1000 Milhas de Sebring, prova que abre a temporada do WEC, terá largada nesta sexta-feira (18) às 13h.

Veja Também