Alan Ruschel relembra passagem pelo Goiás: “Ambiente muito bom”

Um dos sobreviventes da tragédia do avião da Chapecoense, Alan Ruschel foi o único dos três que conseguiu seguir jogando profissionalmente. Em

Postado em: 22-03-2022 às 15h10
Por: Victor Pimenta
Lateral chegou ao clube após pedido de Ney Franco, que o ajudou reencontrar seu futebol com a camisa esmeraldina | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Um dos sobreviventes da tragédia do avião da Chapecoense, Alan Ruschel foi o único dos três que conseguiu seguir jogando profissionalmente. Em entrevista ao Podcast do Denilson Show, o lateral aproveitou para relembrar sua passagem pelo Goiás em 2019.

À pedido de Ney Franco, o jogador chegou ao clube esmeraldino após se sentir um “peso” na Chapecoense depois de tudo que aconteceu. A recepção ao atleta foi algo que ele jamais vai esquecer e Alan Ruschel, em campo, ainda contribuiu pelo clube em 2019, onde na Série A, ajudou o time a chegar na Sul-Americana, após brigar até mesmo por uma vaga na Libertadores. Foram doze jogos pelo Goiás e um gol marcado, na vitória sobre o Cruzeiro, no Serra Dourada, por 1 a 0.

“Cheguei no Goiás, eu consegui mostrar e não provar para ninguém porque eu acho que não precisava. Cheguei no Goiás, eu joguei, fiz gol importante e ajudei o Goiás ir para a Sul-Americana. Joguei contra o Cruzeiro e fiz gol contra o Cruzeiro. Um lugar bacana e o ambiente bom que senti no Goiás e o clube merece estar onde está. Fomos para uma Sul-Americana, brigamos pela Libertadores depois de estar um bom tempo na Série B”, relembrou o lateral.

Continua após a publicidade

Na ocasião, Alan estava no clube emprestado ao Goiás até o final do ano. Após isso, retornou à Chapecoense, onde foi campeão da Série B. Após o fim de seu contrato com o clube catarinense, assinou com o Cruzeiro onde disputou o Mineiro e depois emprestado ao América Mineiro, seu último clube até então.

Veja o trecho de Alan Ruschel falando sobre o Goiás:

Veja Também