Vila Nova confirma a contratação de atacante nigeriano

Postado em: 30-03-2022 às 13h52
Por: Breno Modesto
O atacante nigeriano Eberê disputou o Campeonato Mineiro pelo Pouso Alegre, pelo qual marcou três gols em 13 jogos | Foto: Chiarini Junior/Pouso Alegre FC

Restando pouco mais de uma semana para o início da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vila Nova segue buscando reforços para disputar a competição. E, na última terça-feira (29), através de sua assessoria de imprensa, o Colorado confirmou a contratação de mais um jogador.

Depois do lateral-direito Alex Silva, do zagueiro Eduardo Doma, do volante Rafinha e do atacante Diego Tavares, que retorna após disputar o Campeonato Paulista pela Inter de Limeira, o Tigre acertou a chegada do atacante nigeriano Eberê, que estava no Pouso Alegre, de Minas Gerais.

Natural de Imo Stage, Ebere Christian Osinachi tem 23 anos e foi campeão da Copa do Mundo Sub-17 de 2015. Na ocasião, o atacante disputou cinco jogos e marcou um gol. Porém, não foi em seu país que ele se profissionalizou. Com passagem pelas categorias de base do Rosario Central, da Argentina, Eberê veio parar no Brasil, onde está desde 2019.

Por aqui, já passou por Juventude, Lajeadense, Fluminense de Itaum, em Santa Catarina, que é o detentor de seu passe, Metropolitano, Maringá, Paraná e, por último, Pouso Alegre. O atleta chega ao Vila Nova com contrato até o final do Campeonato Goiano de 2023.

Saídas

Em contrapartida, três jogadores tiveram seus contratos rescindidos. O zagueiro Tibúrcio, cria da base vilanovense, e os volantes Éder Monteiro, que também é oriundo das categorias de base do Tigre, e Kallyl, que não estão nos planos da comissão técnica colorada para a Segundona, tiveram seus vínculos encerrados e estão livres para procurar outros clubes.

Imediatamente, Éder Monteiro acertou com o Grêmio Anápolis, pelo qual disputou o Campeonato Goiano. Nos próximos dias, a Raposa dá início à sua caminhada na Série D do Campeonato Brasileiro, que disputará pela primeira vez em sua história.

Quem também não fica para a segunda divisão nacional é o atacante Alan Grafite. No entanto, diferentemente dos outros três nomes, ele foi emprestado a outro clube. Durante os estaduais, ele esteve no Cianorte, do Paraná, pelo qual disputou 13 partidas e marcou três gols. Agora, está sendo repassado ao Botafogo, da Paraíba, para a Série C.

Compartilhe: