Em São Januário, Vila Nova não se intimida e conquista um ponto diante do Vasco da Gama na estreia da Série B

Postado em: 08-04-2022 às 21h10
Por: Ildeu Iussef
Jogando em São Januário, Vila Nova não se intimidou e buscou o empate diante do Vasco da Gama | Foto: Daniel Ramalho/Vasco

Na noite desta sexta-feira (08), o Vila Nova iniciou sua caminhada na Série B do Campeonato Brasileiro pontuando fora de casa. Jogando no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro, o Tigre empatou com o Vasco da Gama pelo placar de 1 a 1, com gols de Raniel para o Cruzmaltino e Arthur Rezende para o Colorado.

Primeiro tempo

Jogando em São Januário, o Vasco tratou logo de dar às boas-vindas ao Vila Nova e fazer a alegria da torcida cruzmaltina. Aos 9 minutos, Nenê cobrou escanteio na primeira trave para Edimar. O lateral vascaíno cabeceou, a bola desviou no Arthur Rezende e foi no canto direito de Georgemy. O goleiro colorado fez a defesa, mas deu rebote e Raniel não perdoou. 

Porém, o Vila Nova não se abateu e logo na sequência aos 11 minutos tratou de deixar tudo igual no Rio de Janeiro. Matheuzinho cobrou o escanteio na linha da pequena área e Arthur Rezende apareceu nas costas do zagueiro Anderson Conceição para cabecear à esquerda do goleiro Thiago Rodrigues.

O Cruzmaltino chegou a balançar as redes aos 29 minutos da etapa inicial, porém o VAR entrou em ação e chamou o árbitro Leandro Pedro Vuaden para revisar a jogada, pois no lance que originou o gol vascaíno houve uma falta de Bruno Nazário em cima do lateral colorado Willian Formiga.

O Tigre teve a chance de virar a partida ainda na etapa inicial. Em contra-ataque puxado por Arthur Rezende. Ele tocou para Pablo Dyego, que passou com facilidade por Quintero e chutou da entrada da área. A finalização saiu fraca e o goleiro do Vasco fez a defesa em dois tempos.

Apesar dos gols relâmpagos, os 45 minutos iniciais da partida tiveram muitos erros dos dois lados e as dificuldades técnicas das equipes foram evidentes.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Vila Nova continuou com o mesmo ímpeto e pressionando o adversário, porém pecava no último passe. Aos 13 minutos, Pablo Roberto e Pablo Dyego puxaram o contra-ataque pela esquerda. A bola chegou a Arthur Rezende na entrada da área, ele tentou o passe para Rubens, que não conseguiu finalizar e foi desarmado.

Por outro lado, o Vasco da Gama esbarrava no paredão colorado: o goleiro Georgemy. Gabriel Pec foi acionado na ponta esquerda, bateu direto para o gol de Georgemy, que espalmou e evitou o segundo gol do Vasco.

No apagar das luzes, aos 48 minutos da etapa final, por muito pouco o “caldo não azedou” para o Vila Nova. Após cobrança de escanteio de Lucas Oliveira na primeira trave, a bola passou e chegou na marca do pênalti para Gabriel Pec. Ele tocou para Zé Gabriel, que finalizou de perna direita, desequilibrado, e mandou rente à trave direita do goleiro Georgemy.

Agenda

Pela 2ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama entrará em campo no próximo sábado, dia 16 de abril, para encarar o CRB, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), às 19h. Enquanto, o Vila Nova recebe o Novorizontino na terça-feira, dia 12 de abril, às 19h, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA).

FICHA TÉCNICA

Vasco da Gama 1×1 Vila Nova

Data: 08 de abril de 2022

Horário: 19h

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro

Motivo: 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Público: 16.621 pagantes

Público total: 17.251 presente

Renda: R$ 583.486,00

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

4º árbitro: João Ennio Sobral (RJ)

VAR: Daiane Caroline Muniz (FIFA/SP)

AVAR: Herman Brumel Vani (SP)

Gols: Raniel aos 9 min/1T (Vasco da Gama); Arthur Rezende aos 11 min/1T (Vila Nova)

Cartões Amarelos: Alex Silva e Matheuzinho (Vila Nova); Zé Gabriel e Yuri Lara (Vasco da Gama)

Vasco da Gama: Thiago Rodrigues; Weverton (Juninho), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara (Lucas Oliveira), Zé Gabriel e Nenê (Getúlio); Gabriel Pec, Raniel (Figueiredo) e Bruno Nazário (Vitinho).  Técnico: Zé Ricardo

Vila Nova: Georgemy; Alex Silva, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga; Rafinha, Pablo Roberto (Wagner) e Arthur Rezende; Matheuzinho (Jean Silva), Pablo Dyego (João Lucas) e Rubens (Pedro Bambu). Técnico: Higo Magalhães

Compartilhe: