Em jogo agitado, Atlético Goianiense empata com o Flamengo na abertura do Brasileirão

Postado em: 09-04-2022 às 21h13
Por: Breno Modesto
O meia-atacante Wellington Rato marcou o gol do Atlético Goianiense no empate com o Flamengo, na abertura do Brasileirão | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

O Atlético Goianiense iniciou sua caminhada no Campeonato Brasileiro de 2022 com um empate. Jogando no Estádio Antônio Accioly, o Dragão, do técnico Umberto Louzer, ficou no 1 a 1 com o Flamengo, neste sábado (9), pela primeira rodada da competição nacional. Os gols da partida foram marcados pelo meia-atacante Wellington Rato, para o Dragão, e pelo atacante Bruno Henrique, para o Urubu.

Com o resultado, as duas equipes abrem o Brasileirão dividindo a liderança com Fluminense e Santos, que também empataram neste sábado (9). No entanto, a rodada ainda será completada até a próxima segunda-feira (11). Na segunda rodada, o Rubro-Negro goiano irá até Bragança Paulista, no interior de São Paulo, para enfrentar o Red Bull Bragantino. Já os cariocas receberão o São Paulo, no Maracanã. As duas partidas serão no próximo domingo (17).

O jogo

A partida disputada no Estádio Antônio Accioly começou quente. Com apenas dois minutos, a bola já estava dentro do gol. Depois de um cruzamento rasteiro de Shaylon, pela direita, Willian Arão afastou mal e viu a bola sobrar para Jorginho, que dividiu com David Luiz. Mais uma vez, um jogador do Dragão ficou com a sobra. Desta vez, Wellington Rato, que mandou para o fundo do gol. No entanto, um impedimento de Shaylon, no início da jogada, acabou anulando o lance.

O lance acabou acordando o Flamengo, que se lançou ao ataque pela primeira vez no jogo. A primeira oportunidade dos cariocas aconteceu aos seis minutos, com Bruno Henrique. O camisa 27 recebeu na ponta esquerda, chegou à linha de fundo e tentou o cruzamento. No entanto, a bola acabou indo em direção ao gol e quase surpreendeu Luan Polli. Atento, o arqueiro atleticano acabou espalmando para escanteio.

Bruno Henrique apareceria novamente aos 22. Depois de receber de Gabigol, Arrascaeta cruzou para o meio da área atleticana. Bem postada, a defesa goiana cortou. Mas acabou a bola de presente para o camisa 27, que dominou, ajeitou e chutou por cima da meta de Luan Polli. Cinco minutos depois, Gabigol foi quem assustou Polli. Da entrada da área, o camisa 9 mandou uma bomba, após passe de Arrascaeta, e acertou a rede, pelo lado de fora do campo.

Ainda no primeiro tempo, Jorginho teve duas boas chances para abrir o placar no Accioly. A primeira, aos 39. O camisa 10, na meia-lua, recebeu de Shaylon, deixou Willian Arão no chão e, dali mesmo, arriscou o chute. Sem muita força, a finalização ficou fácil para a defesa de Hugo Souza. Cinco minutos mais tarde, Shaylon levou na área e a defesa carioca cortou mal, mandando para Jorginho, que pegou de primeira e mandou por cima do gol rubro-negro.

A exemplo do que se viu no primeiro tempo, a etapa complementar começou pegando fogo. No primeiro minuto, Gabigol, na entrada da área, acabou sendo travado no momento em que tentava finalizar. A bola acabou sobrando para Matheuzinho, na ponta. O lateral pegou mal e mandou por cima do gol. A resposta atleticana veio dois minutos depois, com Shaylon. O meia carregou desde a intermediária até o momento em que entrou na área, quando, de bico, mandou para fora.

Pouco tempo depois da metade do segundo tempo, sairia o primeiro gol da atual edição do Brasileirão. E ele seria atleticano. Na marca de 29 minutos, Jorginho, no meio do campo, enxergou Dudu, livre, na ponta direita. Com um belo lançamento, o camisa 10 deixou o lateral na boa para chegar à linha de fundo e cruzar para o meio da área, onde estava Wellington Rato, sem marcação. De primeira, o camisa 9 emendou uma bomba, que morreu no fundo das redes de Hugo Souza.

Porém, os flamenguistas não sentiram o golpe e deixaram tudo igual. Aos 38, Lázaro chegou com perigo pela direita e acabou cruzando para o meio da área. Luan Polli espalmou e, no rebote, a defesa atleticana mandou para escanteio. Só que, na cobrança, o uruguaio Arrascaeta mandou na cabeça de Bruno Henrique, que testou firme. Antes de ir para o fundo das redes, a bola ainda bateu no travessão e na trave de Luan Polli.

Ficha técnica

Atlético-GO 1×1 Flamengo

Data: 9 de março de 2022

Horário: 19h

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Gols: Wellington Rato (29’/2T) – ACG; Bruno Henrique (38’/2T) – FLA

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (Fifa/SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)

Atlético-GO: Luan Polli; Dudu, Wanderson, Édson e Jefferson; Gabriel Baralhas, Marlon Freitas e Jorginho (Rickson); Shaylon (Hayner), Wellington Rato (Churín) e Léo Pereira.

Técnico: Umberto Louzer

Flamengo: Hugo Souza; Matheuzinho (Lázaro), Willian Arão, David Luiz e Léo Pereira; João Gomes, Thiago Maia (Everton Ribeiro) e Andreas Pereira (Pedro); Arrascaeta (Diego), Gabigol e Bruno Henrique.

Técnico: Paulo Sousa

Compartilhe: