Goiás enfrenta Atlético em clássico de olho em sua primeira vitória na Série A

Postado em: 07-05-2022 às 09h49
Por: Victor Pimenta
Treinador testou vários esquemas táticos visando os três pontos no clássico de domingo | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

O cenário do Goiás para o confronto diante do Atlético Goianiense nesse próximo domingo (8) é o mesmo de dois anos atrás, quando as equipes se enfrentavam na Série A. O time esmeraldino não havia vencido na competição e agora pode ter a chance de seus primeiros três pontos na casa do adversário. O jogo acontece às 16 horas, no estádio Antônio Accioly.

É isso que a gente está buscando, é isso que a gente quer. É um clássico e sabemos que ele muda todas as coisas. Se a gente tem essa oportunidades e essas possibilidades, vamos lá para tentar mudar nossa história momentânea que não é tão boa e com o resultado positivo lá dentro pode mudar tudo durante até o final do ano. Temos a semana, vamos trabalhar bem, focar, chegar lá e fazer um grande jogo, porque qualidade a equipe tem e já mostrou isso na competição”, disse Apodi, autor de um dos gols no último jogo.

No ambiente do Goiás é comum a semana de clássico ser mais agitada e dessa vez não foi diferente. No decorrer da semana, Jair Ventura perdeu mais o atacante Luan, que após alegar problemas pessoais, acabou rescindindo com o clube e não faz mais parte dos planos do time esmeraldino.

A princípio o treinador deve manter o mesmo esquema que utilizou no empate diante do Atlético Mineiro, com três zagueiros, e apenas dois atacantes na frente. Porém, pode ter mudanças em relação ao time que começou jogando o último jogo. Na defesa, Caetano que acabou saindo mais cedo do jogo, vem treinando a semana, mas disputa sua posição com Da Silva e Sidimar, esse ainda não estreou. Sidnei foi ausência no treino de sexta, mas treinou normalmente no sábado e está confirmado pro clássico. Com Hugo fora, Danilo segue na lateral-esquerda. 

No meio-campo, o treinador ganhou a opção de Auremir, que retornou aos treinamentos normalmente, mas não terá Caio Vinicius que segue em transição, assim como Vinicius. Quem deve retornar ao time titular é Fellipe Bastos, que havia perdido sua posição para Henrique Lordelo. No ataque, segue a disputa entre Nicolas e Pedro Raúl por uma vaga.

Atualmente, o Goiás está há oito jogos sem vencer, sendo os quatro primeiros no Brasileirão, acumulando dois empates e duas derrotas. Com dois pontos apenas, o time ocupa a 18ª colocação da competição. (Victor Pimenta, especial para O Hoje)

Compartilhe: