Herói da classificação, Ronaldo mostra importância de preparação antes de defender pênalti: “Estava muito concentrado”

Postado em: 12-05-2022 às 15h21
Por: Victor Pimenta
Goleiro defendeu única cobrança em sete convertidas para ajudar Atlético a seguir vivo na Copa do Brasil | foto: AssCom Dourado

O Atlético se classificou para as oitavas-de-final da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (11), ao vencer o Cuiabá nas penalidades. Depois de um jogo fraco tecnicamente e com o time rubro-negro criando as melhores chances, a partida foi para a decisão de pênaltis, onde os cinco atletas do Dragão converteram suas cobranças.

Com a classificação, já é o terceiro ano seguido do Atlético Goianiense chegando a fase oitavas da Copa do Brasil. Nos anos anteriores, o time rubro-negro passou pelo Fluminense em 2020 e no último ano, passou pelo Corinthians. Dessa vez, com mais emoção, o time bateu o Cuiabá para garantir sua classificação.

“Uma sensação de gratidão. A gente vem trabalhando muito para participarmos desses grandes jogos e graças a Deus eu fui muito feliz em poder ajudar a equipe com a classificação. É nosso terceiro ano consecutivo e mostra cada vez mais a força do Atlético Goianiense no cenário nacional e a gente pretende, se Deus quiser, claro classificar nas fases seguintes e fazer um grande ano”, disse Ronaldo.

Além das cinco cobranças convertidas, o nome das penalidades não poderia ser outro se não Ronaldo. O goleiro foi responsável pela única cobrança defendida nas oito que tiveram. O jogador defendeu o chute de Pepê e por pouco também não defendeu de Rodriguinho. Ele falou sobre esse momento marcante na carreira e porquê da seriedade nas penalidades.

“Na verdade eu estava muito concentrado e eu sou um cara muito concentrado, tanto que brincaram quando eu defendi o pênalti, eu não vibrei muito, porque não tinha acabado ainda. Claro que uma defesa é muito importante para a nossa sequência dos pênaltis, mas eu me mantive muito focado, muito concentrado e tentei analisar cada detalhe do batedor para poder definir melhor nas cobranças de pênalti”, concluiu o goleiro rubro-negro.

A equipe rubro-negra volta a campo já neste sábado (14), quando visitam o Atlético Mineiro, às 19 horas, no estádio Independência, pela sexta rodada da Série A. O Atlético Goianiense ainda não venceu na competição nacional e soma somente três pontos, ocupando a 19ª colocação.

Compartilhe: