Líder de seu grupo, Atlético Goianiense recebe o Antofagasta e tenta encaminhar classificação às oitavas

Ainda sem vencer no Campeonato Brasileiro, onde foi derrotado pelo Atlético Mineiro, no sábado (14), pela sexta rodada da competição nacional, o Atlético Goianiense “vira a chave” e muda o foco para a Copa Sul-Americana, onde tem um compromisso nesta terça-feira (17)

Postado em: 17-05-2022 às 09h30
Por: Breno Modesto
Diante do Antofagasta, do Chile, o interino Anderson Gomes será o comandante atleticano | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

Ainda sem vencer no Campeonato Brasileiro, onde foi derrotado pelo Atlético Mineiro, no sábado (14), pela sexta rodada da competição nacional, o Atlético Goianiense “vira a chave” e muda o foco para a Copa Sul-Americana, onde tem um compromisso nesta terça-feira (17). O último como mandante na primeira fase do torneio. Às 21h30, no Estádio Antônio Accioly, o Dragão encara o Antofagasta, do Chile.

Sem o técnico Umberto Louzer, demitido após o revés diante do Galo, e sem Jorginho, anunciado como novo treinador do clube, o Rubro-Negro terá à beira do gramado o auxiliar Anderson Gomes, que faz parte da comissão técnica permanante do clube e que tem a missão de fechar com chave de ouro a participação atleticana como mandante na fase de grupos da Sul-Americana e encaminhar a classificação da equipe para as oitavas de finais.

Prestes a fazer sua estreia no comando técnico, o interino Anderson Gomes classifica a oportunidade como um feito na carreira, que ainda está no início. Para ele, a partida é muito importante, pois o Atlético pode dar um passo grande rumo às oitavas.

Continua após a publicidade

“É uma honra. Como iniciante na carreira (de treinador), é um feito dirigir um time como o Atlético Goianiense, com a grandeza que ele tem e em uma competição tão importante como é a Sul-Americana, onde nós podemos dar um passo bem grande para estarmos próximos da classificação (às oitavas de finais)”, disse Anderson.

Com apenas um trabalho para montar o time, Anderson Gomes cita que o foco de sua preparação foi em cima dos jogadores que estão jogando há algum tempo e que estão com altos níveis de desgaste físico. De acordo com ele, o Dragão vem atuando muito bem e, por isso, deve ter poucas mudanças.

“Pelo curto tempo que nós tivemos, podemos fazer poucas alterações em relação ao esquema tático, até porque, daqui a pouco, o Atlético terá um novo treinador. E a equipe tem jogado bem, as ideias muito bem definidas. O Atlético tem apenas uma dificuldade ali no último terço do campo. Mas o que nós vamos tentar fazer é manter o mesmo padrão. Devido ao desgaste físico, vejo um pouco da necessidade de “rodar” o elenco. Então, a ideia para esse jogo, é ver fazer alguma intervenção em relação aos jogadores mais desgastados”, finalizou Anderson Gomes.

Histórico

Esta será a segunda partida entre Atlético Goianiense e Antofagasta. A primeira, há 20 dias atrás, terminou com vitória dos chilenos. No Estádio Bicentenário Regional, na cidade de Antofagasta, no Chile, os donos da casa bateram o Dragão, de virada, por 2 a 1. Na ocasião, o zagueiro Gabriel Noga, estreante da noite, marcou o gol atleticano. O resultado negativo foi o único do Rubro-Negro na atual edição da Sul-Americana.

Ficha técnica

Atlético-GO x Antofagasta

Data: 17 de maio de 2022

Horário: 21h30

Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Árbitro: Gery Vargas (BOL)

Assistentes: Ariel Guizada (BOL) e Carlos Tapia (BOL)

Atlético-GO: Ronaldo; Hayner, Wanderson, Édson (Gabriel Noga) e Arthur Henrique; Baralhas, Edson Fernando e Jorginho; Airton, Diego Churin e Léo Pereira.

Técnico: Anderson Gomes

Antofagasta: Ignacio González; Byron Nieto, Andrés Robles, Leandro Vega e Juan Cornejo; Federico Bravo, Marco Collao, Diego Orellana (Andrés Souper) e Jason Flores; Manuel López e Gabriel Torres.

Técnico: Juan Tolisano

Veja Também