Substituto de Umberto Louzer, Jorginho é apresentado pelo Atlético Goianiense

Postado em: 18-05-2022 às 20h44
Por: Breno Modesto
Ao lado de Adson Batista, Jorginho foi oficialmente apresentado pelo Atlético Goianiense | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

Um dia após a vitória contra o Antofagasta, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana, o Atlético Goianiense apresentou seu novo comandante para a sequência da temporada. O técnico Jorginho, que acompanhou, no Estádio Antônio Accioly, o triunfo da equipe rubro-negra diante do time chileno, concedeu sua primeira entrevista coletiva neste retorno ao clube do bairro de Campinas.

O treinador não escondeu a felicidade pelo seu retorno ao Rubro-Negro e por reencontrar, depois de um ano, pessoas com as quais trabalhou em sua primeira passagem pelo Dragão. Curiosamente, assim como aconteceu em 2019, no Coritiba, Jorginho assume um lugar deixado por Umberto Louzer. Reconhecendo o bom trabalho deixado pelo antecessor, o profissional afirma que a equipe tem condições de ter um excelente desempenho nas três competições em que está disputando.

“Eu estou, verdadeiramente, muito feliz por estar de volta. Já revi alguns rostos com os quais tive a oportunidade de conviver por, aproximadamente, dois meses. E fico feliz por retornar. Eu tive a oportunidade de substituir o (Umberto Louzer) no Coritiba, em 2019. E, ao terminar o ano, eu fiz uma postagem no Instagram e no Facebook, agradecendo, junto do Louzer, nosso acesso à Série A, por conta do excelente trabalho que ele havia feito. Então, falei aos atletas que é importante reconhecermos o bom trabalho das pessoas. Nossa vida é feita de mudanças, de escolhas. Hoje, estou aqui e estou muito feliz por estar aqui. Tenho certeza de que faremos um excelente trabalho, seja na Copa Sul-Americana, na Copa do Brasil ou no Campeonato Brasileiro”, disse Jorginho.

No entanto, Jorginho prefere não apontar uma competição como objetivo principal para a temporada. Na visão dele, é necessário pensar em um jogo de cada vez, já que, com tantos jogos em sequência, alguns atletas podem acabar se lesionando. Portanto, o comandante prega cautela neste início de caminhada.

“O meu principal objetivo será jogo a jogo. Não adianta pensarmos em uma competição isolada. Nós temos de entender que é quase impossível, tendo competições tão importantes como essas, que a gente não use o nosso elenco. É fundamental que isso aconteça. Então, é por isso que eu tenho de pensar em um jogo de cada vez. Se eu perceber que um jogador não tem condições fisiológicas de jogar uma partida, vou preferir poupá-lo”, finalizou Jorginho.

A reestreia de Jorginho à frente do comando técnico do Atlético Goianiense acontecerá no próximo sábado (21), às 16h30, na partida contra o Coritiba, no Estádio Antônio Accioly.

Compartilhe: