Entenda os motivos de Goiás não ter mais o selo de clube formador; dirigente explica

O Goiás era então o único clube goiano com o certificado de clube formador no estado, porém, em uma lista divulgada pela

Postado em: 31-05-2022 às 13h00
Por: Victor Pimenta
Equipe Sub-15 foi campeã goiana recentemente alguns atletas acabam sendo negociados com grandes brasileiros | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

O Goiás era então o único clube goiano com o certificado de clube formador no estado, porém, em uma lista divulgada pela CBF em fevereiro de 2022, a equipe esmeraldina já não faz mais parte da seleta lista de times da Série A com tal certidão. Porém, a renovação de seu certificado está próxima de acontecer.

“O Goiás hoje não é mais clube formador da CBF. Faltam alguns detalhes para poder renovar, detalhes burocráticos com a prefeitura de Goiânia, nada a ver com a infraestrutura do clube. Com isso, os contratos federativos que temos com os jogadores de 14 e 15 anos acaba ‘não valendo nada’, porque qualquer clube que vier hoje pode pegar jogadores aqui e levar para onde quiser que legalmente não estamos assegurados. Atletas abaixo de 16 anos não podem fazer contrato profissional, que é uma forma de assegurar o atleta”, disse o diretor de futebol da base do Goiás, Eduardo Pinheiro.

Isso porquê, em janeiro deste ano, o Goiás disputou a Copa Votorantim e dos onze titulares, cinco atletas que estavam no clube saíram após a competição. Um foi para o Athletico Paranaense, três para o Atlético Mineiro e um para o Palmeiras. Eduardo ainda não era dirigente das categorias de base do clube e quando assumiu, foi atrás dos clubes em busca do time goiano não “perder” de graça para os rivais.

Continua após a publicidade

Eduardo então foi ao Atlético Mineiro e conseguiu uma parceria em dois dos três atletas que lá assinaram, casos de Vitor Hugo, o Vitinho e Fabrício Soares, que estavam no Sub-15 no último ano. O caso do Vilela foi porque o atleta acabou indo para a Votorantim sem ser federado, e na teoria e na prática, o jogador não tinha vínculo com a equipe esmeraldina. O lateral-esquerdo Marcus Vinnicius acabou indo para o Palmeiras e as negociações por uma parceria com o jogador seguem em andamento.

Vendo o cenário do Goiás, Eduardo Pinheiro reuniu com os pais dos atletas de 13, 14 e 15 anos e em uma palestra, mostrou a grandeza do clube e os projetos que a equipe terá com ele na direção, para dar ainda mais confiança aos familiares em relação aos seus filhos visando o crescimento profissional e pessoal vestindo as cores do Goiás.

Fora do Sub-20

O Campeonato Brasileiro Sub-20 acontece no próximo sábado, e a equipe esmeraldina ficará mais uma temporada fora da competição. Devido ao ranking da CBF, o Goiás vai para seu segundo ano sem estar entre os vinte melhores colocados. A última participação do clube aconteceu em 2020, ficando na 14ª colocação. Nas edições de 2021 e agora de 2022, o time é ausência.

Já na Copa do Brasil, o regulamento é diferente, onde os campeões estaduais quem disputam a competição. A última do Goiás aconteceu em 2020, quando o time eliminou o União Rondonópolis e o Flamengo, mas parou nas oitavas de final, eliminados pelo Atlético Mineiro. Em 2022, a equipe esmeraldina volta a disputar, por ter vencido o Goianão Sub-20, em 2021.

Veja Também