Churín espera que, diante do Olimpia, Atlético siga jogando da maneira como vem jogando

Na próxima quinta-feira (30), o Atlético Goianiense voltará a disputar um jogo de oitavas de finais da Copa Sul-Americana depois de 10 anos. Às 21h30, no horário de Brasília, o time comandado pelo técnico Jorginho enfrentará o Olimpia, do Paraguai, fora de casa, no jogo de ida do mata-mata da competição internacional.

Postado em: 28-06-2022 às 17h38
Por: Breno Modesto
O atacante argentino Diego Churín (esq.) deve ser um dos titulares do Dragão contra o Olimpia | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

Na próxima quinta-feira (30), o Atlético Goianiense voltará a disputar um jogo de oitavas de finais da Copa Sul-Americana depois de 10 anos. Às 21h30, no horário de Brasília, o time comandado pelo técnico Jorginho enfrentará o Olimpia, do Paraguai, fora de casa, no jogo de ida do mata-mata da competição internacional.

Um dos nomes que deve aparecer na escalação rubro-negra para encarar o time paraguaio é o do atacante argentino Diego Churín, que reencontrará uma equipe que conhece muito bem. Entre 2017 e 2020, o camisa 9 atuou pelo Cerro Porteño, maior rival do Olimpia. De acordo com o jogador, o reencontro será diferente do que ele estava acostumado, pois, diferentemente do que acontecia quando atuou no Paraguai, não será um clássico.

“Quando eu os enfrentei, era clássico. E parava o país. Nesta quinta-feira (30), vai ser completamente diferente. Os clássicos são sempre um jogo à parte, um jogo especial, independentemente se uma equipe está bem e a outra mal. O que nós precisaremos fazer é tratar de jogar bem, impor nosso jogo lá no Paraguai e aqui (em Goiânia). Temos que conseguir um bom resultado (fora de casa), para garantir a classificação aqui em Goiânia”, disse Churín.

Continua após a publicidade

Na visão de Churín, não existem segredos quanto à maneira como o Dragão deve atuar no Estádio Defensores del Chaco. Para ele, é preciso apenas jogar da mesma maneira como o time atleticano vem jogando e seguir acreditando na ideia de jogo implementada por Jorginho, assim, o Atlético poderá fazer duas boas partidas e se classificar para as quartas de finais.

“Não há segredos. O time está evoluindo a cada jogo e nós temos que seguir jogando do mesmo jeito, seguir acreditando em nossa ideia de jogo e fazer dois bons confrontos contra o Olimpia para avançarmos à próxima fase da Copa Sul-Americana”, projeta o atacante.

Por fim, Churín pede que os torcedores atleticanos acreditem no clube. Não só na Copa Sul-Americana, mas em todas as competições que o Rubro-Negro ainda está envolvido, pois, segundo ele, todos estão trabalhando para seguir melhorando o Atlético.

“O que eu tenho a dizer para o torcedor do Atlético é que acredite. Não só na Sul-Americana, mas no geral. Acreditem no elenco profissional, acreditem na diretoria, no corpo técnico, pois eles trabalham dia após dia para conseguir melhorar o clube e estão indo por um bom caminho. O resultado vai ser sempre ganhar ou perder, mas eles estão sempre trabalhando para melhorar o clube”, finalizou Churín.

Veja Também