Atlético Goianiense cala Serrinha lotada, elimina Goiás e vai às quartas da Copa do Brasil

O Atlético Goianiense está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. A classificação veio depois de uma vitória maiúscula do Rubro-Negro em cima do Goiás. Em pleno Estádio da Serrinha, o Dragão bateu o Esmeraldino por 3 a 0.

Postado em: 13-07-2022 às 21h12
Por: Breno Modesto
No Estádio da Serrinha, o Atlético Goianiense derrotou o Goiás por 3 a 0 | Foto: Alan Deyvid/Atlético-GO

O Atlético Goianiense está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. A classificação veio depois de uma vitória maiúscula do Rubro-Negro em cima do Goiás. Em pleno Estádio da Serrinha, o Dragão bateu o Esmeraldino por 3 a 0. Jorginho, Wellington Rato e Marlon Freitas marcaram os gols que mantêm o time atleticano vivo no torneio nacional. Além disso, a equipe do bairro de Campinas embolsa uma quantia financeira no valor de R$ 3,9 milhões.

O jogo

O clássico entre Goiás e Atlético Goianiense, válido pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil, começou com o Dragão, mesmo atuando como visitante, indo para cima do Esmeraldino. A primeira chegada da partida foi da equipe rubro-negra. Na marca de oito minutos de bola rolando, o volante e capitão atleticano, Marlon Freitas, resolveu arriscar da intermediária. No entanto, o camisa 8 acabou pegando muito forte e mandou por cima da meta defendida por Tadeu.

Continua após a publicidade

O Rubro-Negro seguiu melhor e teve mais duas oportunidades de abrir o marcador. A primeira, aos 13, com Airton. Depois de receber na direita, Luiz Fernando foi à linha de fundo e cruzou para o camisa 7, que cabeceou e viu sua finalização passar perto do gol de Tadeu. Cinco minutos depois, foi a vez de Marlon Freitas aparecer outra vez. Em um novo chute de fora da área, o volante encheu o pé, mas viu Tadeu ficar com ela.

Enquanto o Esmeraldino não conseguia levar perigo a Ronaldo, o Atlético Goianiense conseguiu ser efetivo e, ainda no primeiro tempo, marcou o primeiro gol da noite. Aos 40 minutos, Wellington Rato recebeu no bico da grande área e cruzou, na medida, para Jorginho, que cabeceou para o chão e viu a bola enganar o goleiro Tadeu e morrer no fundo das redes.

Na volta do intervalo, o Dragão seguiu pressionando e, com apenas sete minutos, ampliou sua vantagem. Em um rápido contra-ataque, Luiz Fernando partiu livre até chegar à grande área, onde viu Wellington Rato sozinho. O camisa 11 recebeu, trouxe para o meio, driblou Tadeu e mandou para o gol.

Antes de atingir os 20 minutos, o Rubro-Negro marcou o terceiro. Airton recebeu na grande área e, ao tentar tirar Tadeu da jogada, acabou sendo derrubado pelo arqueiro esmeraldino. Sem hesitar, o árbitro assinalou a penalidade. Marlon Freitas se encarregou da cobrança e não desperdiçou, dando números finais ao clássico. O Goiás quase diminuiu no finalzinho. Nicolas arriscou de longe e obrigou Ronaldo a se esticar todo para garantir o 3 a 0.

Ficha técnica

Goiás 0x3 Atlético-GO

Data: 13 de julho de 2022

Horário: 19h

Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)

Gols: Jorginho (40’/1T), Wellington Rato (7’/2T) e Marlon Freitas (19’/2T) – ACG

Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa/SP)

Goiás: Tadeu; Yan Souto, Reynaldo e Caetano; Diego, Caio Vinícius (Dadá Belmonte), Matheus Sales (Luan Dias), Fellipe Bastos (Auremir) e Danilo Barcelos (Vinícius); Pedro Raúl (Renato Júnior) e Nicolas.

Técnico: Jair Ventura

Atlético-GO: Ronaldo; Hayner, Wanderson, Ramon (Edson Fernando) e Jefferson; Édson Felipe, Marlon Freitas e Jorginho; Airton (Shaylon), Luiz Fernando e Wellington Rato.

Técnico: Jorginho

Veja Também