Atacante Jonata Bastos é apresentado pelo Vila Nova

Nesta semana, o Vila Nova apresentou dois reforços para auxiliar a equipe na disputa pela Série B. Além do zagueiro Matheus Mancini,

Postado em: 14-07-2022 às 20h31
Por: Maiara Dal Bosco
Atleta, que atuava em Portugal, destaca que seu principal ponto forte é a bola aérea | Foto: Divulgação Vila Nova FC

Nesta semana, o Vila Nova apresentou dois reforços para auxiliar a equipe na disputa pela Série B. Além do zagueiro Matheus Mancini, de 27 anos, também chegou ao clube o atacante Jonata Bastos, de 24 anos. O atleta, que foi revelado pelo CRB e já atuou pelo Cruzeiro, estava no futebol português. 

Sobre suas principais características, o atleta define que o seu ponto forte é a bola aérea “Quando eu estive no Brasil, tinha uma característica mais de centroavante de área mesmo, fixo. Mas, minha ida para Portugal ajudou bastante no meu desenvolvimento e hoje eu me considero um atacante de área sim, fixo, mas com boa mobilidade para sair pra poder jogar, movimentar. Ofereço suporte na defesa, apoio curto e basicamente acredito que meu ponto forte seja sim a bola aérea, que tem dado muito resultado”, afirma. 

Já sobre a possibilidade de o colorado sair da lanterna da competição e também da zona de rebaixamento, o atleta ressalta que o foco é seguir trabalhando com dedicação e ajustar os detalhes que precisam ser ajustados. “Cheguei há pouco tempo, mas quando você chega aqui no Vila você não acredita que o clube está na última colocação, pelos jogos que a equipe tem feito, pela entrega do grupo, pelo ambiente que tem sido criado aqui, graças a diretoria e a todos que estão contribuindo para que tenhamos um bom ambiente de trabalho, isso é fundamental na luta contra a saída dessa situação”, destaca.

Continua após a publicidade

O atleta também destacou as motivações que o fizeram assinar contrato com o Vila Nova. “ Eu tinha essa vontade de voltar para o Brasil, e depois de umas conversas com minha família e esposa, decidi por voltar. Como o Vila foi o primeiro clube a me procurar aqui do Brasil, procurei informações do Vila, que é um clube que tem crescido a cada ano um clube que tem dado boas condições de trabalho e cumprido com as suas obrigações então isso motiva qualquer atleta, independente da situação na tabela que o clube esteja. Isso é questão de detalhe e vamos conseguir sair disso”, pontua. 

Para ele, para protagonizar uma arrancada na série B, o Vila precisa, antes de tudo, acreditar que isso é possível. “Temos que acreditar até o final, isso é o ponto inicial. Quando a gente acredita o resto é trabalho, é dedicação, é entrega e as coisas vão acontecendo. Não tem jeito, futebol é trabalho e dedicação, e o resultado vem com certeza”, complementa. 

Próximos jogos 

Depois de empatar com o Bahia em 1 a 1 na última rodada e agora com 13 pontos, o Vila Nova volta a campo na próxima sexta-feira (15) para enfrentar o CSA, que está apenas uma posição acima do colorado e soma 16 pontos na tabela. A partida, válida pela 18ª rodada da Série B está marcada para às 21h30, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA). (Especial para O Hoje) 

Veja Também