“O primeiro objetivo foi alcançado”, diz Jair Ventura após fim do 1º turno

O Esmeraldino encerrou o primeiro turno da Série A em 13º, com 22 pontos e aproveitamento de 38,6%, resultado que o técnico avalia como positivo

Postado em: 25-07-2022 às 17h41
Por: Maiara Dal Bosco
O técnico do Goiás, a exemplo da última partida, voltou a criticar a arbitragem do Campeonato Brasileiro.| Foto: Fernando Lima | Goiás EC

No último sábado (23), o Goiás enfrentou o São Paulo pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. A missão do esmeraldino no Morumbi era voltar a vencer e, para isso, os goianos não pouparam esforços. Em um jogo de seis gols, o Goiás conseguiu um empate e voltou para casa com um ponto conquistado. O Esmeraldino encerrou o primeiro turno da Série A na 13ª colocação, com 22 pontos e um aproveitamento de 38,6%, resultado que o técnico Jair Ventura avalia como positivo.

“A gente não sabe como vai ser no final do ano mas hoje o que me deixa mais contente é que, quando cheguei estávamos na zona de rebaixamento, a seis pontos de sair, e agora, independente de qualquer resultado, a gente termina o 1º turno fora (da zona de rebaixamento), então a primeira parte do campeonato, o primeiro objetivo foi alcançado”, afirma Ventura.

O treinador destaca que a equipe terá mais confrontos em casa e que conta com o apoio do torcedor. “Que a gente possa alcançar esse objetivo o quanto antes, temos os pés no chão que o principal objetivo do Goiás é não voltar para a Série B e é isso que a gente vai fazer”, pontua.

Continua após a publicidade

Ventura ressalta ainda o crescimento da equipe. “Estou muito contente com o desempenho (do time), principalmente nos últimos jogos, o Goiás fez duas grandes partidas com duas grandes equipes que estão brigando pelo G4 e a gente, mesmo brigando lá embaixo, conseguiu jogar de igual pra igual”, frisa. 

Arbitragem

O técnico do Goiás, a exemplo da última partida, voltou a criticar a arbitragem do Campeonato Brasileiro. “Foi pênalti hoje, assim como foi pênalti no Samuel (contra o Fluminense), só que o juiz não deu, então o critério não é igual. É o terceiro pênalti que a gente sofre, mas, quando é para o Goiás, não é dado. Equipes grandes como o São Paulo, como o Fluminense, acho que eles não precisam de ajuda para fazer gol na nossa equipe, então a gente acaba sendo prejudicado, de maneira consecutiva”, afirma. 

Próximo jogo

Agora, abrindo o segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Goiás volta a entrar em campo no sábado (30), contra o Coritiba, no Estádio Hailé Pinheiro (Serrinha). A partida, válida pela 20ª rodada da Série A, está marcada para às 16h30.

Veja Também