Melhor em campo contra o Corinthians, Jorginho valoriza conquista individual

Autor de um dos dois gols do confronto, o meia Jorginho foi eleito, através de votação, como o melhor jogador em campo.

Postado em: 28-07-2022 às 20h58
Por: Breno Modesto
Autor do primeiro gol no jogo diante do Corinthians, pela Copa do Brasil, Jorginho foi eleito o melhor em campo | Foto: Copa do Brasil

Na noite da última quarta-feira (27), o Atlético Goianiense largou na frente por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Jogando no Estádio Antônio Accioly, o Rubro-Negro derrotou o Corinthians pelo placar de 2 a 0 na partida de ida da fase de quartas de final da competição nacional, abrindo uma vantagem para o jogo da volta, que acontecerá apenas no meio do mês de agosto.

Autor de um dos dois gols do confronto, o meia Jorginho foi eleito, através de votação, como o melhor jogador em campo. De acordo com ele, a conquista individual representa muito, pois ele tem se cobrado bastante. Além disso, o camisa 10, que tem colecionado troféus individuais, afirmou que espera que o feito se repita também no duelo na Neo Química Arena.

“Representa muita coisa. Eu me cobro bastante. E eu precisava fazer um jogo assim, perfeito. E, graças a Deus, joguei bem, fiz um gol, que é muito importante. Então, este troféu representa muita coisa. Não sou muito de falar, mas trabalho muito. Eu me transformo quando entro em campo. Quero sempre ganhar. Então, não vou só levar este troféu para casa, porque isso aqui é um símbolo. Os torcedores e meus companheiros fazem parte e merecem isso. Espero ganhar outro no próximo jogo. Já tenho dois da Sul-Americana. Tenho colecionado troféus. Minha esposa até brinca, dizendo que eu já tenho que colocar em outro lugar. Então, estou muito feliz por estar vivendo este momento”, disse Jorginho.

Continua após a publicidade

Sem muito tempo para trabalhar, o Dragão já mudou seu foco para o Campeonato Brasileiro, pelo qual entra em campo no próximo sábado (30) para enfrentar o Flamengo, fora de casa. Na visão de Jorginho, o Atlético tem condições de repetir o feito da partida contra o Fluminense, quando venceu no Maracanã pela primeira vez em sua história, e conquistar um resultado positivo.

“Agora, só teremos pedreira pela frente. Jogamos contra o Corinthians. No sábado (30), tem o Flamengo, fora de casa. E, na terça-feira (2), o Nacional, pela Sul-Americana. São três competições diferentes, mas eu acho que nós temos que jogar da mesma maneira como jogamos contra o Corinthians. Temos que jogar com intensidade, marcando quando tiver de marcar, jogar quando tiver de jogar. E o principal: aproveitar as oportunidades. Desta vez, tivemos oportunidades e “matamos” o adversário. Temos de ir lá (no Rio de Janeiro) e tentar conseguir um bom resultado, como aconteceu contra o Fluminense. Sabemos que os torcedores vão empurrar o Flamengo durante os 90 minutos, mas temos condições de conseguir um bom resultado, uma vitória. Não queremos ficar nessa posição que estamos no Campeonato Brasileiro. É uma posição incômoda. Temos de lutar para sair dessa zona de rebaixamento, que não merecíamos estar”, finalizou Jorginho.

Veja Também