Atlético Goianiense consegue suspender punição e poderá jogar no Accioly

Devido ao efeito suspensivo obtido pela equipe, as partidas poderão continuar sendo no Estádio Antônio Accioly até o julgamento definitivo

Postado em: 29-07-2022 às 15h29
Por: Lorenzo Barreto
Devido ao efeito suspensivo obtido pela equipe, as partidas poderão continuar sendo no Estádio Antônio Accioly até o julgamento definitivo | Foto: Heber Gomes

O Dragão teve seu pedido de suspensão da punição atendido pelo Superior Tribunal da Justiça Desportiva (STJD). O time foi multado em R$ 50 mil e perdeu um mando de campo pelo suposto crime de injúria racil contra o volante do Goiás, Fellipe Bastos. O caso ocorreu no dia 8 de maio, pela 5a rodada do Brasileirão. O time esmeraldino venceu por 1×0 naquela ocasião.

Ao final da partida, o volante/meio-campista acusou um torcedor do Atlético de tê-lo chamado de ‘macaco’ e imediatamente fez uma denúncia durante a entrevista nos veículos de transmissão da partida, “Aconteceu um ato racista. Eu estava saindo para o vestiário e um rapaz com óculos na cabeça me chamou de macaco. Eu voltei e falei para ele repetir. E ele falou: macaco. Me chamou duas vezes de macaco. No mundo em que a gente vive o ato racista nos deixa entristecido porque as pessoas que estavam ali do lado viram, as pessoas que estavam atrás de mim viram. O policial e os seguranças poderiam ter identificado o torcedor”, relatou o jogador na entrevista após o jogo.

Felipe Bastos denunciando o caso de racismo após o jogo contra o Atlético, pelo Campeonato Brasileiro | Foto: Reprodução/Tv Anhanguera

O STJD, acabou puniu o clube do bairro de Campinas no julgamento na Segunda Comissão Disciplinar da entidade. O advogado da equipe, Paulo Henrique Pinheiro está otimista que o clube será absolvido. Devido ao efeito suspensivo obtido pela equipe, as partidas poderão continuar sendo no Estádio Antônio Accioly até o julgamento definitivo. Ou seja, a próxima partida contra o Red Bull Bragantino, no dia 6 de agosto seguirá sendo no estádio do Dragão.

Veja Também