Vila Nova anuncia cinco contratações para sequência do Brasileiro Feminino A3

Já garantido na Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino da próxima temporada, o Vila Nova quer seguir fazendo história na Série A3

Postado em: 03-08-2022 às 21h28
Por: Breno Modesto
A lateral-direita Thaís Lobo e a zagueira/volante Torozinha reforçam o Tigre na Série A3 do Campeonato Brasileiro Feminino | Foto: Mariana Toletino

Já garantido na Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino da próxima temporada, o Vila Nova quer seguir fazendo história na Série A3. Depois de deixar Atlético Goianiense, Mixto e Toledo pelo caminho, o Colorado tenta eliminar o Taubaté e avançar à final da competição nacional, que está em seu primeiro ano de disputa.

Para isso, o Tigre foi ao mercado e acertou a contratação de mais cinco jogadores para a sequência do torneio. Duas delas, vieram do Aliança/Goiás, que disputou a Série A2, onde estava no Grupo A, ao lado de América-MG, Athletico-PR e Minas Brasília, mas acabou sendo rebaixado à terceira divisão.

A partir desta semana, o elenco vilanovense, comandado pelo técnico Robson Freitas, passa a contar com reforços da lateral direita Thaís Lobo e da zagueira/volante Cristiellen Vitória, conhecida como Torozinha, que vieram da equipe aurinegra, da meia Vitória Queiroz e da atacante Isabelly, que estavam sem clube, e da também atacante Maria Fernanda, que passou na peneira feita pelo clube colorado.

Continua após a publicidade

Em entrevista à repórter Mariana Tolentino, da rádio Sagres 730, a defensora revelou o desejo antigo do Colorado em contar com seus serviços. De acordo com Thaís, o primeiro contato feito pelo Tigre aconteceu ainda no ano passado, quando ela possuía vínculo com o Aliança. Por conta disso, a lateral preferiu esperar o fim do contrato para acertar com o time vilanovense.

“Eles (Vila Nova) tinham conversado comigo no ano passado. Mas eu possuía um vínculo com o Aliança/Goiás, que, à época, era apenas Aliança. Eu preferi esperar o término do meu contrato com eles para, então, conversar com o Vila Nova. E deu tudo certo. Eu chego para somar, para ajudar o clube na semifinal (do Campeonato Brasileiro Feminino da Série A3) e, consequentemente, a ser campeão, no caso de chegar à final. Então, estou feliz, motivada e espero ajudar minhas novas companheiras”, disse Thaís em entrevista à Sagres.

Já Torozinha, também à repórter Mariana Tolentino, falou mais sobre suas características principais, que são a marcação e a força física, e do desejo em ajudar o Vila Nova a começar bem a semifinal contra o Taubaté.

“Sou mais de marcação. Tenho muita força física. Também posso ajudar o time com a minha vontade e minha raça. Eu vim para somar, para ajudar o grupo. Espero estar à disposição do técnico (Robson Freitas). Nós estamos em busca de fazer um bom jogo nesta semifinal e temos trabalhado para isso”, comentou Torozinha à Sagres.

O confronto de ida entre Vila Nova e Taubaté, pela semifinal do Brasileirão Feminino A3, acontece neste final de semana. No domingo (7), às 15h, o Colorado recebe a equipe paulista no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga.

Veja Também