Neto Pessoa pede que Vila Nova entenda atual momento da Série B do Campeonato Brasileiro

Segundo Neto, a equipe está evoluindo e é preciso pensar que o campeonato é longo

Postado em: 05-08-2022 às 08h15
Por: Breno Modesto
Neto Pessoa deve ser titular na partida contra o Ituano, neste sexta-feira (5), pela 22ª rodada da Segundona | Foto: Fernando Brito/Vila Nova FC

Com quatro pontos conquistados nas últimas duas rodadas, o Vila Nova iniciou o segundo turno da Série B do Campeonato Brasileiro da maneira como manda o figurino. Vencendo em casa e buscando um ponto longe de seus domínios. Os resultados fizeram com que o Tigre despertasse e se aproximasse de deixar a lanterna da competição nacional.

Coincidentemente, as duas partidas tiveram a presença do atacante Neto Pessoa. Contratado para o restante da temporada, o jogador estreou no triunfo contra o Vasco, no Serra Dourada, e marcou o tento colorado no empate com o Novorizontino, fora de casa. Segundo o atleta, a equipe está evoluindo, o que é o mais importante, e é preciso pensar que o campeonato é longo e que o time precisa fazer valer o mando de campo para trazer de volta a confiança da torcida vilanovense.

“Estamos evoluindo. Isso é o mais importante. É um campeonato longo. Não adianta pensar em apenas dois ou três jogos. Temos que ter calma e saber jogar o campeonato, saber viver o momento. E temos que fazer com que nossa casa seja um trunfo, um algo a mais. Temos que ter esse poderio em casa. Precisamos jogar diferente, para trazer de volta a confiança do torcedor, pois precisamos muito deles”, disse Neto Pessoa.

Continua após a publicidade

Neto também cita que, neste momento difícil pelo qual atravessa o Colorado, é preciso sair da zona de rebaixamento e se manter fora dela. Para isso, ele diz que é preciso ajustar algumas coisas e entender a Segundona, que está em um momento muito psicológico.

“Estamos vivendo uma fase muito complexa. Sabemos que temos alguns ajustes para acertar em campo. Mas o momento do campeonato é muito psicológico. Temos que sair dessa situação, mas não adianta apenas sair. Temos que nos manter fora. Se ganharmos dois jogos, saímos do Z4. Mas temos que pensar em sair e nos manter longe (da zona de rebaixamento). Temos que entender o campeonato que estamos jogando. A fusão dessas coisas, se conseguirmos ter o equilíbrio, vai fazer com que o grupo fique mais forte”, finalizou o atacante.

Veja Também