Após disputar duas partidas, Klaus é oficialmente apresentado pelo Atlético Goianiense

Anunciado pela equipe rubro-negra há uma semana, o defensor estreou na derrota contra o Flamengo, no último sábado (30), após ser regularizado

Postado em: 05-08-2022 às 09h30
Por: Breno Modesto
Klaus foi titular na vitória do Atlético Goianiense contra o Nacional, pela Sul-Americana | Foto: Alan Deyvid/Atlético-GO

Na última terça-feira (2), o Atlético Goianiense largou na frente por uma vaga na semifinal da Copa Sul-Americana. Jogando fora de casa, o time comandado pelo técnico Jorginho derrotou o Nacional, do Uruguai, por 1 a 0.

A partida pela competição nacional marcou a estreia do zagueiro Klaus no time titular do Dragão. Anunciado pela equipe rubro-negra há uma semana, o defensor entrou na derrota contra o Flamengo, no último sábado (30), após ser regularizado. Agora, depois dos dois primeiros jogos, ele teve a oportunidade de ser apresentado de forma oficial e falar um pouco de si para o torcedor atleticano.

“Eu comecei nas categorias de base do futebol gaúcho. Sou do Rio Grande do Sul. Fiquei três anos no Internacional, depois, dois anos no Ceará, e, por último, estava no Botafogo, desde o início do ano. Agora, estou, por empréstimo, aqui no Atlético Goianiense. Estou feliz por este novo desafio, por esta oportunidade que me foi dada. E estou muito disposto a ajudar o time no restante da temporada”, disse Klaus.

Continua após a publicidade

Questionado sobre o atual momento do Rubro-Negro, onde vive uma grande fase na Copa do Brasil e na Sul-Americana, estando perto da semifinal das duas competições, mas que em uma situação completamente diferente no Campeonato Brasileiro, no qual está na zona de rebaixamento e vem de seis derrotas consecutivas, o defensor cita a proximidade de estar entre os quatro melhores do país e do continente em duas competições e pede que a energia utilizada nestes campeonatos seja a mesma empregada no Brasileirão.

“Estamos próximos de estar entre os dois melhores do país em uma competição e entre os quatro melhores do continente (sul-americano) em outra competição. Mas também temos o Campeonato Brasileiro, que é muito importante para nós. Temos a consciência de que precisamos sair dessa situação. Precisamos sair da zona de rebaixamento o mais rápido possível. Vamos trabalhar para que toda essa energia das copa seja a mesma no Campeonato Brasileiro, porque nós não temos dúvidas da competência da equipe. Temos que colocar isso em prática no Brasileiro”, comentou Klaus.

O Atlético Goianiense volta a campo no próximo sábado (6). Às 19h, o Dragão recebe, no Estádio Antônio Accioly, a equipe do Red Bull Bragantino. A partida é válida pela 21ª rodada da competição nacional. Na terça-feira (9), a chave muda. O Serra Dourada será palco do confronto de volta contra o Nacional, pela Sul-Americana. O duelo ocorre às 19h15.

Veja Também