Santos é punido com perda de dois mandos de campo pelo STJD por invasão na Copa do Brasil

Um torcedor atravessou a segurança da Vila e tentou acertar um chute no arqueiro

Postado em: 10-08-2022 às 14h47
Por: Lorenzo Barreto
Um torcedor atravessou a segurança da Vila e tentou acertar um chute no arqueiro | Foto/Reprodução

O Santos foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) com a perda de mando de campo de duas partidas e em R$ 35 mil de multa pela invasão de torcedores na Vila Belmiro e pela tentativa de agressão ao goleiro Cassio, do Corinthians, no jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 13 de julho.

Na ocasião, o Santos havia perdido o jogo de ida por 4 a 0 para o Corinthians, na Neo Química Arena, e precisava de uma vitória por 5 gols de diferença para avançar às quartas de final. No jogo de volta, na Vila Belmiro, o Peixe venceu por 1 a 0 e foi eliminado no resultado agregado por 4 a 1.

Após o término do jogo, alguns rojões foram atirados em campo. O goleiro Cássio, do Corinthians, chegou aplaudir ironicamente a atitude dos torcedores. Após isso, um torcedor atravessou a segurança da Vila e tentou acertar um chute no arqueiro. O próprio Marcos Leonardo, artilheiro do Santos, ajudou e defendeu Cássio.

Continua após a publicidade

O Santos foi representado pelo advogado Marcelo Mendes, e o auditor do caso foi Rodrigo Raposo, responsável por enumerar os fatos acontecidos na Vila Belmiro. Logo após, Rodrigo pediu a condenação do clube no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. A pena para esse artigo previa perda de mando de campo por até dez partidas, e multa de até R$100 mil.

Veja Também