Atletas goianos disputam fase regional das Paralimpíadas Escolares, em Brasília

Com uma delegação de 57 integrantes, sendo 31 atletas, Goiás está pronto para as disputas em Brasília, nas modalidades de atletismo, natação e bocha

Postado em: 10-08-2022 às 18h00
Por: Breno Modesto
31 atletas representarão o Estado de Goiás nas Paralimpíadas Escolares, que começaram nesta quarta-feira (10), em Brasília | Foto: Divulgação

O paradesporto goiano está muito bem representado em uma das fases regionais das Paralimpíadas Escolares. Com uma delegação de 57 integrantes, sendo 31 atletas, Goiás está pronto para as disputas em Brasília, nas modalidades de atletismo, natação e bocha. As provas têm início nesta quarta-feira (10).

Essa é a primeira vez que as Paralimpíadas Escolares terão fases regionais. Os três melhores colocados de cada categoria, no atletismo e natação, ficam classificados para a fase nacional, que será realizada em novembro, em São Paulo. Na bocha, os dois melhores colocados avançam.

Na disputa pelas vagas na fase nacional, os goianos vão enfrentar adversários de outros oito Estados (Minas Gerais, Tocantins, Mato Grosso, Acre, Roraima, Amazonas, Amapá e Rondônia), além do Distrito Federal. A delegação goiana conta com o apoio logístico de transporte do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, que também abriga o treinamento de vários atletas no Centro de Excelência do Esporte.

Continua após a publicidade

Goiás desponta como um dos favoritos pelas vagas, já que o Estado ficou na quarta posição nas duas últimas edições das Paralimpíadas Escolares nacionais. Secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues destaca a presença em peso dos goianos na competição. “Estamos com uma expectativa muito alta em relação às Paralimpíadas Escolares, já nesta fase regional, e também na fase nacional, em São Paulo. O paradesporto goiano avança a cada ano, com frutos esportivos e sociais, pensando na inclusão da pessoa com deficiência”, declara o titular da pasta.

O superintendente de Paradesporto e Fomento Esportivo, Mário Kanashiro, ressalta a experiência de atletas que já disputaram outras edições das Paralimpíadas Escolares. “Estamos muito bem representados nesta disputa em Brasília. Temos jovens que estão iniciando agora no paradesporto, mas também temos atletas que conquistaram medalhas nos últimos anos e hoje já são referência no cenário estadual e nacional”, afirmou.

Veja Também