Flamengo é absolvido após apedrejamento no ônibus do Atlético-MG

O órgão entendeu que o clube não teve culpa nos incidentes que resultaram na invasão de torcedores ao estádio e no apedrejamento do ônibus da delegação mineira.

Postado em: 12-08-2022 às 15h33
Por: Lorenzo Barreto
O órgão entendeu que o clube não teve culpa nos incidentes que resultaram na invasão de torcedores ao estádio e no apedrejamento do ônibus da delegação mineira. | Foto/Reprodução

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolveu o Flamengo dos tumultos ocorridos na partida contra o Atlético-MG, dia 13 de julho, no Maracanã, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

O órgão entendeu que o clube não teve culpa nos incidentes que resultaram na invasão de torcedores ao estádio e no apedrejamento do ônibus da delegação mineira. Em relação aos objetos atirados no gramado, o Flamengo foi multado em R$ 10 mil. Já sobre as fumaças na entrada em campo, que retardaram o início da partida em sete minutos, a pena foi de R$ 14 mil.

No julgamento, o clube carioca alegou que a responsabilidade das confusões eram da Polícia, já que aconteceram do lado de fora do estádio (nos casos do apedrejamento e desordem no acesso). Sobre o atraso no início da partida, a defesa alegou que o causador da fumaça foram os jatos de fumaça colocados ao redor do campo, que são da organização, e não dos sinalizadores na torcida.

Veja Também