Partida de futebol termina com 174 mortes, na Indonésia

Diversos torcedores morreram pisoteados e asfixiados por gás lacrimogênio.

Postado em: 03-10-2022 às 17h40
Por: Lorenzo Barreto
Caos começou o mandante perder o jogo | Foto/Reprodução

174 pessoas morreram e 180 ficaram feridas em um tumulto durante uma partida de futebol em Malang, localizado nas margens do rio Brantas a 850 km a leste de Jacarta, na Indonésia. Diversos torcedores morreram pisoteados e asfixiados por gás lacrimogênio. O tumulto começou no final da partida entre Arema FC e Persebaya Surabaya.

A invasão do campo causou um caos e os torcedores dos times rivais entraram em confronto. A polícia reagiu e disparou gás lacrimogêneo, inclusive em direção às arquibancadas do estádio, causando o pânico entre a multidão.

Centenas de torcedores correram para uma porta de saída numa tentativa de escapar não só à violência, mas também do gás lacrimogêneo. Muitas das vítimas morreram pisoteadas ou por asfixia. O tumulto se espalhou para fora do estádio, onde dois agentes da polícia foram mortos e pelo menos cinco veículos da polícia foram incendiados. É uma das maiores tragédia da história do futebol.

Continua após a publicidade

Segundo o chefe da polícia de Java Oriental, Nico Afinta, 34 pessoas morreram no estádio e as outras vítimas vieram a falecer a caminho do hospital ou no hospital onde estavam sendo tratados. Mais de 300 feridos precisaram receber atendimento. Afinta disse ainda que o número de mortos pode aumentar, pois há pacientes em estado grave.

Veja Também