Quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Old Stock Race levou 387 Opalas à pista de Tarumã em homenagem à Stock Car

Desfile da Tarumã Historic também teve participação de Caravans, modelo da Chevrolet que anda na classe Street, com opaleiros de diversas regiões e até do Uruguai e do Chile

Postado em: 29-11-2022 às 16h25
Por: Breno Modesto
O piloto Pedro Gomes foi um dos que participaram da Tarumã Historic, da Old Stock Race | Foto: Dudu Leal

No último domingo (27), a Old Stock Race (OSR) realizou a Tarumã Historic, etapa festiva extra-campeonato, com duas corridas de seus Opalões 1975/1979 preparados e o desfile de 387 carros, a maioria modelos de Opala e um bocado de Caravans, no Autódromo de Tarumã, em Viamão, próximo a Porto Alegre.

Com participantes de várias partes do País, o evento teve presença de opaleiros do Uruguai e do Chile. Foi uma homenagem da OSR à Stock Car, que, em 1979, fez sua primeira corrida naquele circuito gaúcho, com dez Opalas no grid de largada.

Chefe da Equipe Viemar Automotive Delphi Technologies, Paulo Gomes, tetracampeão da Stock Car, acelerou um daqueles Opalas, o #22, e se tornou o primeiro campeão da categoria naquela temporada. Para ele, a primeira etapa gaúcha da Old Stock Race foi tão especial quanto contraditória. Depois de andar bem nos treinos, o carro do time apresentou problemas de câmbio, e o piloto Pedro Gomes conseguiu dar apenas duas voltas na pista na segunda prova, depois de não participar da classificação e da primeira corrida.

Continua após a publicidade

“Os Opalas e Caravans tinham um estacionamento enorme reservado exclusivamente para eles. Só que acabou enchendo, e os carros pararam em tudo quanto é lugar. Foi maravilhoso ver aquilo tudo. Fiquei muito feliz por proporcionamos esse espetáculo aos opaleiros, que lotaram todos os espaços, acamparam no fim de semana e fizeram uma grande festa”, conta Paulão, que também é um dos proprietários da Old Stock Race, com Georges Lemonias, Walter Salomé e o artista plástico Paulo Soláriz, que criou um troféu especial para essa etapa.

“Foi tudo lindo. Só que emoção mesmo é na pista, com corrida, pódio, vitória… E infelizmente tivemos dificuldades. Nos primeiros treinos fomos bem, mas depois o carro começou a dar problemas, e na pista foi só decepção e tristeza. Mas vamos corrigir isso. Nossa corrida final do campeonato será em janeiro, junto com as Mil Milhas, em Interlagos. Até lá estaremos preparados para começar o ano de 2023 com o pé direito, e vamos que vamos!”, diz o chefe da Equipe Viemar Automotive Delphi Technologies, resiliente, do alto da experiência de 60 anos de automobilismo que completa em 2022.

Na primeira corrida de Tarumã, a vitória ficou com Rodrigo Helal, e na segunda prova coube a Cacá Freire, com uma Caravan da classe Street, que reúne esse modelo e Opalas de qualquer ano, confirmando a alta competitividade da Old Stock Race.

Veja Também