Programa sócio torcedor do Goiás conta com mudanças em 2020

O vice-presidente do júridico do time esmeraldino quem concedeu coletiva para falar das alterações feitas no programa - Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Postado em: 15-01-2020 às 18h25
Por: Daniell Alves
O vice-presidente do júridico do time esmeraldino quem concedeu coletiva para falar das alterações feitas no programa - Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Victor Pimenta

A diretoria do Goiás convocou a imprensa na tarde desta
quarta-feira (15), para anunciar e falar sobre as mudanças que ocorrerão no
programa Sócio Torcedor a partir deste ano. Quem explicou detalhadamente foi o
vice-presidente do jurídico Dyogo Crossara.

Continua após a publicidade

O programa Sou Verdão que foi alterado primeiramente em
agosto de 2019, só recebeu catorze partidas do Goiás, sendo todas elas no
Brasileirão. Já em 2020, esse número aumentou para trinta e oito jogos, sendo
assim, o clube tendo que repensar na forma de melhorar ainda mais e repensar
nos pontos que deram errado para ajustar tudo para a temporada que entra.

“Deu certo o engajamento da torcida, a política de preço que
é uma política agressiva, deu certo também a forma que o torcedor encontrou
para ir no jogo, com o check-in não tivemos dificuldade na transferência com o
cartão, não foi tão traumático. Deu errado alguns pontos que nós avaliamos que
precisa ser alterado, dentre eles a questão do tempo para o check-in, a
política de fidelidade, quando você é fiel e não tem um desconto, isso precisa
ser alterado. Agora também temos um problema que é os jogos do campeonato
goiano e até as semifinais e a primeira fase da Sul-americana, eles serão
realizados na Serrinha. Hoje praticamente temos onze mil sócios ativos e a
Serrinha não tem capacidade para onze mil sócios do programa Sou Verdão”, disse
Dyogo Crossara.

No programa do Sou Verdão existem seis planos, com diferença
entre eles, na questão valores para assinar e vantagens que você pode ter
assinando qualquer um. Os sócios receberão um e-mail avisando das mudanças
tanto nos valores por conta da quantidade de jogos de 2020 sendo maior que no
ano anterior, e a outra mudança em relação ao check-in, onde o vice-presidente
do jurídico detalhou um pouco mais.

“Como nós teremos uma quantidade de sócio torcedor maior que
a quantidade de assentos em algum momento no estádio, temos que priorizar alguma
determinada classe de sócio torcedores. Quem leu o regulamento inicial do Sou
Verdão, vai perceber que o check-in para os planos, inicialmente o Esmeralda, Green
Card, o Sênior e o Mirim ele é preferencial ao Bancada. Isso irá continuar existindo
de acordo com o regulamento e a partir do jogo contra a Aparecidense, já iremos
abrir o check-in hoje, você vai ver que o Sócio Esmeralda vai ter uma prioridade
na realização do check-in. Depois isso vai passar para o Green Card, para o
Girls, para o Sênior e para o Mirim. Por último será aberto o Check-in para o
Bancada. O plano Bancada popular que era R$ 19,90 é responsável por
praticamente 85% dos sócios torcedores. Agora ele será ilimitado, mas
funcionará de acordo com a disponibilidade de ingresso no check-in”, ressaltou
Dygo Crossara.

Se você já fez o sócio-torcedor até o dia 8 de outubro de
2019 e não cancelar até agora dia 20 de janeiro, continuará associado normalmente
com os novos preços. Confira a tabela abaixo.

Plano Mensal Anual (12x de)

Esmeralda   R$
149,33   R$ 129,33

Green Card R$
65,33   R$ 54,33

Girls R$
49,33   R$ 39,33

Sênior R$
9,33 R$ 8,00

Mirim R$
9,33 R$ 8,00

Bancada   R$
44,33   R$ 33,00

 

Veja Também