Com mudanças dos dois lados, Goiás e Vila Nova fazem primeiro clássico da temporada

Postado em: 07-03-2021 às 12h30
Por: Breno Modesto
Em 2020, no clássico disputado na Serrinha, o placar terminou em igualdade de 1 a 1 | Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC

Victor Pimenta e Breno Modesto

O Goianão pegará fogo neste domingo (07/03). O clássico Goiás e Vila Nova acontece pela terceira rodada da temporada 2021. O jogo acontece no estádio da Serrinha, às 16h00, e o time esmeraldino terá importantes reforços que devem reforçar a equipe no confronto.

O treinador Augusto César deve ganhar três novidades para o primeiro clássico do ano. Marcelo Rangel, David Duarte e Breno voltam à equipe. O goleiro não atua na equipe desde a 38ª rodada da Série A, onde ficou fora contra o Vasco devido a uma lombalgia. Porém, não deve começar titular e, com isso, Tadeu segue firme no time que vai a campo neste domingo. Já o zagueiro David Duarte se recuperou de dores no joelho e caso esteja 100% fisicamente, é provável que inicie como titular. Caso ele comece jogando, o trio deve ter o próprio defensor, além de Fábio Sanches e Heron. Iago Mendonça começa no banco de reservas. 

Outra novidade é o volante Breno, que perdeu seu espaço na reta final do Campeonato Brasileiro da Série A e agora retorna correndo atrás para recuperar sua vaga. Disputa nada fácil, já que seus concorrentes são Henrique Lordelo e Madison, que na última partida, foi responsável pelo gol da vitória esmeraldina diante do Goianésia.

“Clássico é muito importante, então o jogo vai ser complicado e vamos para cima deles e vamos ver o que o Augusto tem para nos falar e ajustar para irmos bem nesse clássico. Por estarmos em casa, temos que ganhar, vamos propor o jogo, temos que ir para cima, fazermos um bom jogo e sairmos com os três pontos”, disse o volante Madison.

Será apenas o segundo clássico diante do Vila Nova na carreira do volante esmeraldino. Revelado nas categorias de base do próprio Goiás, Madison retorna ao clube após empréstimo ao Confiança e seu primeiro e único confronto diante do rival de domingo, aconteceu e 2018, vencido pelo colorado por 3 a 1. Na ocasião, Alan Mineiro fez dois gols e neste domingo, o jogador terá a missão de marcar o camisa 10.

“Não tem essa marcação individual mais, o Alan Mineiro é um bom jogador, então todo cuidado é pouco e naquele jogo infelizmente perdemos, mas neste domingo se Deus quiser, vai ser um jogo diferente e temos totais condições de sair com um resultado positivo”, concluiu o volante.

O time retornou às atividades na última quinta-feira (04/03), após a vitória sobre o Goianésia. Ainda treinou normalmente nesta sexta e ainda terá o sábado para se preparar ainda mais para o confronto diante do Vila Nova.

Vila Nova

Para encarar seu arquirrival pela primeira vez na temporada de 2021, o Vila Nova terá pelo menos duas mudanças. Isso porque, no início da tarde da última sexta-feira (5), a diretoria colorada optou por demitir o técnico Márcio Fernandes. Assim, a responsabilidade de comandar o Tigre diante do Esmeraldino ficará a cargo de Higo Magalhães, que faz parte da comissão técnica fixa da equipe e levou o time sub-23 colorado ao vice-campeonato do Brasileirão de Aspirantes.

A outra mudança é a volta do meia Alan Mineiro, que foi expulso na primeira rodada, contra o Jaraguá, e cumpriu suspensão automática diante da Aparecidense. Quem também pode aparecer entre os 11 jogadores que iniciarão o clássico na Serrinha é o lateral-esquerdo Thiago Carleto, que estreou diante do Camaleão, ao entrar no segundo tempo, no lugar de Willian Formiga.

Em contrapartida, o goleiro Fabrício e o atacante Henan devem continuar fora da lista de relacionados do Colorado. Se recuperando de uma pubalgia, o arqueiro está entregue ao departamento médico, enquanto que o camisa 9 ainda está em fase de transição após sofrer uma lesão no fim da temporada passada.

Ficha técnica
Goiás x Vila Nova
Data: 7 de março de 2021
Horário: 16h
Local: Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia

Árbitro: Eduardo Tomaz
Assistentes: Fabrício Vilarinho e Edson Antônio

Goiás: Tadeu; Taylon, Iago Mendonça (David Duarte), Fábio Sanches, Heron, Jefferson; Madison, Henrique Lordelo, Figueira; Índio, Vinicius Lopes.
Técnico: Augusto César

Vila Nova: Georgemy; Celsinho, Saimon, Rafael Donato e Willian Formiga (Thiago Carleto); Yuri, Pedro Bambu e Alan Mineiro; Arthur Rezende (João Pedro), Pedro Júnior e Thiaguinho.
Técnico: Higo Magalhães

Compartilhe: