“Clássico não tem como se cravar nada”, disse Gláuber sobre confronto diante do Atlético

Treinador se mostrou chateado após derrota para o Iporá em casa, que fez com que a equipe acabasse em quarto lugar do grupo | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Postado em: 23-04-2021 às 14h40
Por: Victor Pimenta
Treinador se mostrou chateado após derrota para o Iporá em casa, que fez com que a equipe acabasse em quarto lugar do grupo | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

Victor Pimenta

A última partida do Goiás na
competição deixou a desejar e acabou perdendo para o Iporá por 2 a 0, no estádio da Serrinha e de quebra viu o rival passar na tabela. A equipe esmeraldina teve mais a posse de bola e criou
mais que o time do inteiro nos dois tempos, mas foi surpreendida com um gol em bola parada e
após um erro defensivo, levou o segundo em um contra-ataque.

Continua após a publicidade

“A minha indignação foi que eu
alertei os atletas e essas possibilidades. Infelizmente, fizemos uma péssima
apresentação e apesar de termos ficado com posse de bola o tempo todo, não
finalizamos no gol e se não finalizar, você não ganha o jogo e isso é fato.
Realmente saímos daqui muito chateado. Classificamos, mas não por méritos
próprios. Classificamos por demérito de outras equipes”, falou o treinador após a partida
Gláuber chegou a conversar com os atletas no campo, mas rapidamente foi para o
vestiário, chateado após o revés para o time do interior.

Neste domingo, a partida em questão pelas quartas-de-final do Goianão é diante do Atlético, às 16 horas, no estádio da Serrinha e o treinador ressaltou sobre o confronto diante do rival rubro-negro e descartou o favoritismo de ambos os lados.

“É
uma equipe bem qualificada, que está vindo em um bom momento, que disputa
campeonatos importantes, como a sul-americana. Está procurando desenvolver um
papel importante, dentro do cenário nacional, só que nós o temos como
adversário e é um clássico. Já vencemos clássicos jogando melhor, já vencemos
jogando a baixo e vice-versa. Então, o importante é detalhar bem o Atlético,
não posso explanar o que penso para você, mas sei que é uma equipe forte, qualificada,
com muito potencial. Só ver o que eles estão disputando e sei que vai ser um
confronto muito difícil. Clássico não tem como se cravar nada”, disse o
treinador Gláuber Ramos. 

Veja Também