Banda Tuyo apresenta ‘Chegamos Sozinhos em Casa’, seu segundo disco de estúdio

Postado em: 29-05-2021 às 12h05
Por: Redação
Tuyo foi selecionado pelo programa Natura Musical, por meio da lei Federal de incentivo à cultura | Foto: Divulgação

‘Chegamos Sozinhos em Casa’ é o segundo álbum da banda Tuyo, um retrato de quando os três integrantes fecharam a porta dos seus respectivos lares e abriram um portal de possibilidades sonoras, O novo álbum chega com patrocínio de Natura Musical aos aplicativos de streaming. Uma de suas canções, ‘O Jeito É Ir Embora’, está disponível no canal do trio no YouTube com um registro audiovisual da primeira apresentação da faixa que ocorreu no aclamado festival SXSW e foi apontado pelo jornal New York Times como uma das apresentações de destaque do evento.

Ao longo das nove faixas desta primeira parte de ‘Chegamos Sozinhos em Casa’, Lio Soares, Lay Soares e Machado percorrem por um campo pop para verbalizar os seus devaneios – ora individuais, ora coletivos. “A nossa vontade é a de chegar no fundo do poço da alma do outro. Achamos uma forma de fazer isso de um jeito mais seguro e saudável”, diz Lio sobre a nova configuração territorial da Tuyo depois de decidirem não viver mais na mesma casa. “Morando juntos, a gente sempre compôs sozinhos. Agora, a gente compõe junto e moramos sozinhos”, conta sobre o processo de ‘separação’.

Ao passo que foram traçando novos limites geográficos, os integrantes também revisitaram as próprias emoções para entender como a sensação de não pertencimento e o movimento de partida inspirações para ‘Vitória Vila Velha’ e ‘O Jeito É Ir Embora’, respectivamente marcam o ‘adultecimento’ dentro de cada um. “Ir embora parece fazer sentido, mas, nessa jornada de autoconhecimento, percebemos que muitos dos nossos fantasmas e questões nos acompanham quando a mudança é apenas geográfica”, devaneia Lay.

Participações especiais

Produzido a oito mãos, este volume 1 conta com Janluska, Jvck, Bruno Giorgi e Lucas Silveira, colaboração que dá continuidade à parceria iniciada em 2019, na música ‘Cada Acidente’, do disco ‘Sua Alegria Foi Cancelada’, da Fresno. Lio, Lay e Machado contam com mais duas participações especiais neste trabalho: Jaloo está em ‘Pra Curar’, que debocha do nome do primeiro disco do grupo, de 2019.

Já Jonathan Ferr marca presença em ‘Toda Vez Que Eu Chego em Casa’, canção que traz o aconchego de entrar em um espaço seguro depois das incertezas enfrentadas quando pisamos fora de casa. “Tem muito a ver com o momento em que abrimos a porta pra sair. A gente vive uma aventura, nunca dá pra saber o que espera do lado de fora e quando chegamos parecemos soldados voltando da guerra”, reflete Lay.

‘Chegamos Sozinhos em Casa’ não chega como um antídoto aos machucados dessa guerra, nem com feridas cicatrizadas. Assim como canta a Tuyo, “nenhuma dor é pra curar”, mas tá aí uma trilha boa para todo e qualquer processo vivo que nos coloque para: “nos olharmos no espelho e fazer deste momento um encontro com você mesmo”, como destaca Lio.

Incentivo musical

Tuyo foi selecionado pelo programa Natura Musical, por meio da lei federal de incentivo à cultura, ao lado de nomes como Elza Soares, Emicida, João Donato e Letrux. Ao longo dos 16 anos, Natura Musical já ofereceu recursos para mais de 140 projetos no âmbito nacional, como Lia de Itamaracá, Mariana Aydar, Jards Macalé e Elza Soares. “Nós acreditamos no impacto transformador que a música pode ter no mundo. E os artistas, bandas e projetos de fomento à cena selecionados pelo edital Natura Musical têm essa potência de mobilizar o público na construção de um mundo mais bonito, cada vez mais plural, inclusivo e sustentável”, afirma Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding. (Especial para O Hoje)

Compartilhe: