Radialista e consultor musical avalia vantagens e desvantagens de parcerias e comenta sobre casos famosos

Postado em: 21-01-2022 às 09h41
Por: Redação
Especialista avalia casos como os da cantora Anitta | Foto: Divulgação

Por Elysia Cardoso

No mundo musical é comum surgirem parcerias entre diversos artistas, mesmo aqueles que são de nichos diferentes. Os chamados ‘feats’, costumam levar uma legião de fãs à loucura e, alguns, explodem nas paradas musicais e se tornam grandes sucessos. “Quando um artista entra em um mercado diferente do seu, a principal vantagem é ser apresentado a outro público. O feat entre Dilsinho e o Zé Neto e Cristiano é um bom exemplo disso”, demonstra o radialista e consultor musical, Helton Lucas.

De acordo com ele, quando um artista trabalha apenas um nicho, isso pode prejudicar a carreira no sentido de não haver uma expansão, que é extremamente benéfica para o meio musical. Porém, o especialista alerta para a perigosa quebra de expectativa que pode existir por trás dos feats. “Muitas vezes, os artistas formam uma parceria imaginando um sucesso quase que instantâneo, mas às vezes, o próprio público não está acostumado. Por exemplo, ao misturar o sertanejo e o funk, terão ouvintes que não gostarão da faixa por conta da presença do outro gênero musical”, pontua.

Além disso, Helton afirma que existem problemas internos que podem acabar por marcar negativamente as parcerias musicais. “A Anitta teve diversos feats que não deram certo. O caso dela com Pabllo Vittar, por exemplo, houve problemas financeiros nos bastidores”, relembra o consultor musical.

Recentemente, um outro ‘feat’ gerou polêmica nas redes sociais: Naiara Azevedo e Marília Mendonça. “A Naiara quis aproveitar a fama que o Big Brother ia dar a ela e também o momento de fragilidade dos fãs da Marília. Porém, a família não havia dado autorização para o lançamento da canção e isso foi extremamente mal visto pelo público”, explica Helton Lucas.

Com a polêmica, a cantora Naiara Azevedo acabou por se prejudicar tanto na carreira musical, quanto dentro do reality do qual está participando. “Ela acabou perdendo público porque muitos fãs se sentiram desconfortáveis e acharam a atitude desrespeitosa”, afirma o radialista. Por isso, Helton defende que, antes de gravar um feat, é essencial que os artistas combinem todos os detalhes em torno do lançamento.

Sobre Helton Lucas

Nascido na cidade cearense de Sobral, Helton Lucas começou a trabalhar com o rádio em 2011, apresentando um programa infantil na Rádio Pitombeiras FM 98.7, originária da cidade de Senador Sá no Ceará. Com apenas 1 ano de trabalho, ele conseguiu ser promovido e ganhou experiência apresentando programas como o Show de Sábado e o Show da Tarde.

Compartilhe: