Direto dos EUA, cantora e compositora sertaneja Larissa Amoreli lança primeiro DVD da carreira

Cantora e compositora sertaneja Larissa Amorelli durante gravação do DVD no estúdio da Mega Produções, em Goiânia

Postado em: 19-03-2022 às 08h40
Por: Redação
Cantora e compositora sertaneja Larissa Amorelli durante gravação do DVD no estúdio da Mega Produções, em Goiânia | Foto: Flaney

Por: Elysia Cardoso

Uma brasileira fazendo música sertaneja nos Estados Unidos.  Essa é a história da cantora e compositora Larissa Amoreli, que nasceu em Ituiutaba (MG), no Triângulo Mineiro, e que vive há doze anos na cidade de Atlanta, Estado da Georgia. Há pouco mais de um ano, a jovem virou a chave de sua vida e decidiu de vez apostar na carreira artística. E neste mês a artista se prepara para o lançamento de seu seu primeiro DVD em todas as plataformas digitais.

“No total serão cinco músicas, sendo uma autoral que se chama ‘Desistir de Você’. Inclusive, lançaremos um mini documentário  ‘faixa a faixa’, onde vou contar a historia de cada música e a razão por trás da escolha. Esse quadro estará disponível no meu Canal do YouTube e Instagram”, adianta Amoreli.

Continua após a publicidade

Com ritmo envolvente e dançante, a primeira faixa a ser lançada será ‘Casalzinho Bipolar’, uma composição da cantora em parceira com Willian Daniel. “Escrevi essa composição pensando em todos os casais que eu conheço que têm um relacionamento bipolar. Tenho certeza que todos irão se identificar com essa música”, revelou. 

Projeto sertanejo

A produção musical do DVD é de Daniel Silveira e direção de imagem de Maris Tavares, da Officina de Estrelas. Todo o processo criativo e de gravação foi realizado em Goiânia (GO) durante as frequentes viagens de Larissa para o Brasil. “Saí do Brasil na adolescência, mas o Brasil nunca vai sair de mim. Comecei a pensar e realizar esse primeiro projeto e queria que as pessoas envolvidas também entendessem isso.  Então, logo pensei: Tem lugar mais especial do que a capital internacional da música sertaneja?”, disse a cantora.

Questionada sobre o lugar ideal para concretizar o projeto idealizado, Larissa se recorda: “Quando conversei com o Daniel Silveira sobre a ideia de gravar em Goiânia, a energia e emoção que ele passava, era exatamente o que eu estava buscando e serviu como confirmação de que esse era o caminho certo. O acolhimento, o profissionalismo e o carisma de todos os profissionais envolvidos no meu projeto é incomparável. Não troco o meu time por nada”, disse.

Radicada em Atlanta, nos Estados Unidos, há 12 anos, a cantora e compositora Larissa Amorelli nasceu na cidade de Ituiutaba, em Minas Gerais (MG), no Triângulo Mineiro. “Quando completei sete anos, minha mãe decidiu sair do Brasil e buscar uma vida melhor para os filhos no exterior e, infelizmente, não pude acompanhá-la. Aos catorze anos, com a permissão do pai, fui matar as saudades dela. Lá, conheci o meu marido que é goiano e os planos mudaram”, conta.

Dom para a música

Seu interesse pela música começou ainda na infância. “A música sempre fez parte da minha vida desde cedo. Minha mãe cantava na igreja e meu tio tinha uma dupla sertaneja e fazia shows nas festas da cidade. Ainda criança eu pegava escondido o violão do meu irmão mais velho e aprendi os primeiros acordes e com eles escrevi minha primeira música e me lembro o quanto fiquei feliz e orgulhosa com essa composição. Hoje tenho cerca de quarenta músicas escritas em português e inglês no sertanejo e no country americano”. 

Eclética, suas influências musicais vêm do sertanejo brasileiro, do country americano e também do Pop. A artista é fã de Shanaia Twain, John Denver, Alan Jackson, Lady Gaga, Maiara & Maraisa, Marília Mendonça (sua eterna inspiração), Bruno & Marrone, Leandro & Leonardo, entre outros.  “Passei metade da minha vida no Brasil e a outra nos Estados Unidos, então fui pegando um pouco de cada cultura”, disse. 

Com 25 anos, Larissa Amorelli se define como ‘uma pessoa intensa, alegre e sensível em algumas situações’. “Meu nome significa alegria. Através da música, quero transmitir mensagens sinceras, com sentimento e não somente letras sem sentido. Tudo que eu canto tem uma história e um sentimento verdadeiro por trás de cada letra. Quero me conectar com pessoas e não ser só mais uma voz”, revelou a jovem cantora, que se considera uma cidadã do mundo e tem planos audaciosos. “Saí do Brasil muito cedo e sou fluente em três idiomas (português, inglês e espanhol) e pretendo futuramente construir uma carreira internacional”, disse. (Especial para O Hoje) 

Veja Também