Nilson Neto conta sua infância em Porangatu aos palcos pelo Brasil

Nilson Neto falou sobre um dos assuntos mais repercutidos na internet, sua relação com a influenciadora Beca Barreto

Postado em: 13-07-2022 às 09h06
Por: Redação
Nilson Neto falou sobre um dos assuntos mais repercutidos na internet, sua relação com a influenciadora Beca Barreto | Créditos: Gabriel Augusto

Guilherme de Andrade

O cantor e tiktoker Nilson Neto foi o convidado da 21ª transmissão do ‘Papo Xadrez’, que ocorreu nesta segunda-feira (11). Retraçando seus passos, Nilson fala desde a carreira como cantor, ainda em sua infância, até a rotina que adquiriu depois do sucesso que veio com as redes sociais durante a pandemia. Nada ficou de fora: das frustrações com a fama, passando pelas fofocas sobre seus relacionamentos até alcançarmos os planos para seu futuro, Nilson encara todas as perguntas dos apresentadores de sorriso aberto.

No início do bate-papo Nilson traçou um rápido histórico de sua vida. Da infância em Porangatu, sua cidade natal, onde já havia iniciado sua carreira com a música, até sua juventude em Goiânia, onde veio fazer o ensino médio e, depois, encontrou a fama. Nilson conta que, apesar da aprovação no vestibular em Medicina, o sonho dos pais para o filho, ele resolveu se dedicar ao TikTok com o intuito de criar um público maior e retornar aos palcos. A distração que veio durante a pandemia acabou lhe rendendo profissão.

Continua após a publicidade

O influenciador não esperava nada do seu início descomprometido com a plataforma. Entre sorrisos e coreografias, ele alcançou o grande público. Agora, com mais de 13 milhões de seguidores, ele conta que “até hoje não caiu a ficha”. Nilson afirma encarar a vida da forma que sempre encarou. Apesar de, às vezes, ainda se sentir envergonhado com a atenção que tem recebido, ele atende as pessoas que o abordam com todo carinho possível. “Quando eu não estou bem eu nem saio de casa”, garante que sempre tem cuidado com os fãs.

Como nem tudo são flores, o cantor conta um pouco do lado negativo da fama. Com uma exposição maior de sua imagem, vieram os comentários maldosos e ataques na internet. Ele conta que começou a fazer terapia, inclusive, por conta de agressões como essas. Hoje em dia ele diz que ignora os ‘haters’ que encontra, mas isso o afetava muito antes. “Não é tudo que eu vou fazer que todo mundo vai achar graça, que todo mundo vai gostar, e eu tenho que entender isso também”, resumiu parte de seu dilema.

Um dos tópicos principais do encontro desta segunda-feira foi a música de Nilson Neto. O cantor afirma que sua intenção inicial era usar o TikTok como plataforma para retornar aos palcos. Nilson menciona três músicas que estão sob análise de sua equipe, e promete novos lançamentos para o próximo mês. Pensando sobre o futuro, ele confessa ter desejo de lançar um álbum com músicas românticas e revela um sonho: “Uma das minhas metas quando eu já estiver conhecido na música é gravar com o Luan Santana e com Matheus e Kauan”.

Na voz dos apresentadores

Após a transmissão, a apresentadora Ananda Leonel não poupou elogios ao encontro com Nilson. “Foi ótimo saber em primeira mão sobre a vida de uma pessoa que normalmente só vejo através de telas”, afirmou Ananda. A apresentadora destaca surpresas positivas que teve durante o bate-papo com o influenciador, e conclui contando da maior quebra de expectativa: “O famoso distante e quase irreal que eu via no celular se mostrou, no ao vivo, como uma pessoa real, com dias ruins, frustrações e sonhos”.

Felipe Cardoso, que também está na apresentação do podcast, reforça a opinião de Ananda. “Confesso que não sou muito familiarizado com o TikTok, mas a conversa com Nilson foi uma grande aula ” conta Felipe. O apresentador continua dizendo que, apesar da fama, ele enxergou no influenciador uma pessoa com a qual ele consegue se identificar. “Esse encontro possibilitou uma aproximação entre meu universo, de uma geração diferente, e o de Nilson”, concluiu Felipe. 

Nos últimos episódios

O influenciador digital Nilson Neto foi o vigésimo primeiro convidado do ‘Papo Xadrez’. Antes da estrela do TikTok, ocorreram outras vinte transmissões ao vivo com bate-papos variados e envolventes. Seja o assunto os bastidores da indústria da música, seja o mundo dos ringues no MMA, o podcast garante conversas ecléticas que aprofundam o conhecimento no tema proposto. O encontro desta semana e todos os outros seguem disponíveis na íntegra pelo canal no Youtube ‘Papo Xadrez’.

No último episódio, os apresentadores Felipe Cardoso e Ananda Leonel estiveram de frente com a Iyalorisá Marileia Òsùmàrè. O encontro esteve centrado em três eixos principais: a fé, a religião e a intolerância voltada a culturas de matriz africana. A dirigente do terreiro Asé Dan Fé Èrò conta que teve diversas experiências com outras religiões ao longo de sua vida, e por fim conclui dizendo que “foi o candomblé que me escolheu”. Das políticas públicas à conscientização geral da população, a iyalorisá propõe discussões a fim de combater a intolerância religiosa voltada a essa comunidade.

A décima nona transmissão do podcast contou com a participação da ativista política Ludmila Rosa. Sendo a primeira convidada da área a se sentar na bancada do ‘Papo’, Ludmila trouxe discussões muito importantes à mesa, como por exemplo a importância de uma participação mais proativa do povo na política. Comentando o clima das eleições deste ano, a ativista finaliza: “Nós precisamos aprender a dialogar com o outro, nem tudo que me difere de você é aquilo que deve nos afastar”.  

Veja Também