Ignorando o decoro, Secom ironiza matéria da Folha de S. Paulo

Postado em: 10-06-2021 às 17h29
No texto, o jornalista Vinicius Torres Freire comenta em tom de crítica que o governo Bolsonaro viu uma "despiora" recente | Foto: Reprodução

A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, desprezando seu caráter oficial, fez uma série de comentários no Twitter ironizando uma coluna publicada no site da Folha de S. Paulo.

No texto, o jornalista Vinicius Torres Freire comenta em tom de crítica que o governo Bolsonaro viu uma “despiora” recente. Apesar de apresentar melhorias em alguns pontos, Freire elenca motivos que minimizam a intensidade das mudanças.

O uso do neologismo foi tratado com deboche pela Secom, que disse que “desinfelizmente” havia mais sinais de “despioramento”, enumerando supostos avanços do governo em setores como o Produto Interno Bruto (PIB) do país, empregos, balança comercial e investimentos contra a Covid-19.

A coluna na Folha de S. Paulo comentou o aumento das vendas do comércio no mês de abril, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na receita de impostos, no PIB trimestral e no indicador de empregos.

No entanto, ele lembrou que, mesmo assim, março apresentou resultados negativos em diversos setores da economia, com queda do setor de serviços de 6,9%, e recuo da indústria em 9,2% e do comércio, em 2,8%. Freire mencionou ainda a queda na renda de trabalhadores informais, a ameaça de um “repique” da pandemia, o risco da falta de energia elétrica e a inflação nos preços do atacado.

Por: Alice Orth
Compartilhe: