Questionado por estar sem máscara, Bolsonaro manda repórter ‘calar a boca’

Postado em: 21-06-2021 às 16h50
Por: Alice Orth
“Cala a boca, vocês são uns canalhas. [...] Vocês destroem a família brasileira, destroem a religião brasileira", disparou. | Foto: Reprodução

Em momento de descontrole enquanto dava entrevista após a formatura de sargentos da Aeronáutica nesta segunda-feira (21/06) em Guaratinguetá (SP), o presidente Jair Bolsonaro arrancou a própria máscara. Ao ser questionado, ele mandou repórter “calar a boca”.

O presidente reclamou dos veículos de comunicação presentes, se recusando a responder perguntas dos que não lhe agradavam. “CNN? Vocês elogiam a passeata agora de domingo né? Jogaram fogos de artifício em vocês e vocês elogiaram ainda”, disse ele, em referência aos protestos do último sábado (19) contra seu governo, que contaram com milhares de manifestantes pelo país.

Ao ser lembrado por um jornalista de que foi multado pelo Governo de São Paulo por não utilizar máscara, ele disparou: “Essa Globo é uma merda de imprensa. Vocês são uma porcaria de imprensa”. “Você quer fazer uma pergunta decente? Eu respondo. Você é da Globo? Não quero conversa com a Globo não”, disse.

“Cala a boca, vocês são uns canalhas. Vocês fazem um jornalismo canalha que não ajuda em nada. Vocês destroem a família brasileira, destroem a religião brasileira. Vocês não prestam”, reclamou Bolsonaro. “A Rede Globo não presta. É um péssimo órgão de informação. Se você assiste à Globo, você não tem informação. Se você assiste, está desinformado. Você tinha que ter vergonha na cara por prestar um serviço porco desse”.

No seu discurso na formatura, o presidente evitou mencionar a pandemia ou a crise política do país, e ficou sem usar máscara em vários momentos.

Compartilhe: