Caso das Rachadinhas de Flávio Bolsonaro é impulsionado na Justiça

Flávio é suspeito de cobrar uma parcela dos salários dos funcionários de seu gabinete enquanto era deputado estadual.

Postado em: 06-08-2021 às 18h31
Por: Alice Orth
Flávio é suspeito de cobrar uma parcela dos salários dos funcionários de seu gabinete enquanto era deputado estadual. | Foto: Reprodução

Após seis meses parado, o caso que apura as rachadinhas, envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) ganhou um novo impulso com uma decisão sigilosa da desembargadora Maria Augusta Vaz Monteiro de Figueiredo, encaminhada na última terça-feira (03/08).

Acatando o pedido do Ministério Público (MP-RJ) para a continuidade da ação, a magistrada determinou que os citados sejam notificados e apresentem respostas à acusação. Flávio é suspeito de cobrar uma parcela dos salários dos funcionários de seu gabinete enquanto era deputado estadual, na Assembleia legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

A pausa havia começado com a liminar concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, que manteve a prerrogativa de foro privilegiado. O senador nega as acusações.

Veja Também