Levantamento do PoderData aponta favoritismo de Lula nas próximas Eleições; confira

Pesquisa foi feita do dia 27 ao dia 29 de setembro em 451 municípios nas 27 unidades da Federação

Postado em: 30-09-2021 às 16h42
Por: Maria Paula Borges
Pesquisa foi feita do dia 27 ao dia 29 de setembro em 451 municípios nas 27 unidades da Federação | Foto: Reprodução

O site “Poder360” divulgou uma pesquisa em que aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como líder nas intenções de voto do 1º turno das eleições do ano que vem, à frente do atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido). Segundo a pesquisa postada nesta quinta-feira (30/09), Lula conta com 40% das intenções de voto e Bolsonaro com 30% e, comparado ao levantamento anterior, os políticos oscilaram 3% e 2% para cima, respectivamente.

A pesquisa feita pelo PoderData indica a margem de erro de 2%, para mais ou para menos. Seguindo o petista e o atual presidente vem Ciro Gomes (PDT) com 5% das intenções de voto, José Luiz Datena com 4%, Henrique Mandetta (DEM) e João Doria (PSDB), ambos com 3%. Além disso, Rodrigo Pacheco (DEM) recebe 2% das intenções, Aldo Rebelo (sem partido) e Alessandro Vieira (Cidadania), aparecem com 1%. Votos brancos e nulos somam 9% e 2% dos entrevistados ainda não se decidiram.

Foi testado ainda um segundo cenário, substituindo Doria pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Neste, Lula segue à frente com 43% das intenções de voto e Bolsonaro permanece em segundo com 28%. Ciro recebeu 5%, Eduardo Leite 4%, Mandetta 3%, Datena 2%. Pacheco, Alessandro Vieira e Aldo Rebelo têm 1%. Nesse caso, os brancos e nulos somam 10% e 1% ainda não se decidiram.

Continua após a publicidade

Além disso, a publicação questionou em quem os entrevistados votariam caso o segundo turno fosse entre Lula e Bolsonaro. O petista teria 56% da preferência, 1% a mais que na pesquisa anterior, e Bolsonaro teria 33%, 3% a mais que na última. Brancos e nulos somam 10% e 1% não sabem.

O levantamento foi realizado entre a última segunda-feira (27/09) até a última quarta-feira (29/09). Para a pesquisa, foram 2.500 entrevistas em 451 municípios nas 27 unidades da Federação.

Veja Também