William Bonner quebra regra da Globo ao detonar falas de Bolsonaro sobre vacinas da Covid-19

Durante Jornal Nacional, âncora noticiou o fato de o Facebook ter tirado do ar uma live em que o presidente associou a vacina contra o coronavírus a Aids

Postado em: 26-10-2021 às 17h55
Por: Maria Paula Borges
Durante Jornal Nacional, âncora noticiou o fato de o Facebook ter tirado do ar uma live em que o presidente associou a vacina contra o coronavírus a Aids | Foto: Reprodução

O jornalista William Bonner voltou a quebrar uma regra da Rede Globo ao detonar, durante o Jornal Nacional, a fala do presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), sobre as vacinas da Covid-19, na última segunda-feira (25/10). O âncora noticiou o fato de o Facebook ter tirado do ar uma live em que o presidente associou a vacina contra o coronavírus a Aids.

“O Facebook tirou do ar ontem à noite o vídeo em que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, fez uma relação completamente falsa e absurda entre a vacina contra a covid e a Aids. E hoje no fim da tarde também o YouTube decidiu suspender por uma semana o canal do presidente”, disse o apresentador.

Além disso, Bonner completou dizendo que o presidente desacredita e desestimula a vacinação. “Desde que foi publicada, essa nova iniciativa de Bolsonaro de desacreditar vacinas, de desestimular a vacinação, deixou incrédulas as comunidades médica e científica. E provocou críticas veementes também no meio político”.

Continua após a publicidade

O Jornal Nacional mostrou a repercussão do fato, com médicos e especialistas repudiando a declaração de Bolsonaro. Em live, o presidente fez declarações contra a Globo e usou o espaço na rede social para atacar Bonner e artistas da emissora que apoiaram a campanha “fica em casa”, durante a pandemia.

Além disso, o presidente citou a crise econômica vivida pela Argentina, que adotou um lockdown rigoroso durante a crise sanitária, e ironizou os contratados da Globo que defenderam o plano. “Vocês lembram dos artistas globais, dos atores e atrizes? ‘Fique em casa. Vou fazer uma receitinha, tomar um vinho, porque ninguém é de ferro’. Lembram disso? Lembram de uma atriz que disse ‘estou aprendendo francês em casa?’. Lembram? ‘Se der problema, (peço) ifood’. Tá chegando o preço pra pagar aí. Eu estimulei a todos a trabalhar”, afirmou.

Em outro momento, Bolsonaro reclamou das manchetes do jornal O Globo e criticou o jornalismo da rede, dizendo que falar que a Globo “fazer fake news é pleonasmo abusivo”.

Veja Também